Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The diary of a teenager

The diary of a teenager

27
Mai17

Relembrando os momentos mais doidos de sempre

Sofia ❤

Olá olá! Já que as minhas aulas estão a poucos dias de acabar, apesar de ainda ter exames pela frente, no dia 6 de junho posso despedir-me de disciplinas como francês, educação visual, entre outras. E agora que estou quase a acabar uma fase da minha vida, fico a pensar nos últimos anos, mais concretamente no meu percurso do 5ºano até agora e eu tenho cada história mais retardada e hoje decidi contar algumas que me foram marcando ao longo do meu ensino básico.

 

Começando logo com o 5ºano, para mim este ano foi um pouco complicado, mudei de escola e no inicio eu senti-me mesmo sozinha, apesar de toda a gente da minha turma andar comigo desde o 1º ano, no primeiro dia de aulas toda a gente parecia distante e cada um tinha o seu grupinho e eu não tinha ninguém, mas depois conheci a minha melhor amiga que era nova na turma e hoje é aquela amizade que ainda continua de pé. No 5ºano, eu não fiz nada de muito maluco porque eu ainda era muito inocente e calma. A coisa que marcou este ano foi, sem dúvida, o meu professor de matemática. No final do primeiro dia de aulas, eu cheguei a casa e chorei porque ele traumatizou-me logo. Ele era e ainda é, aquele stor mesmo exigente em que vocês não podem fazer nada que ele manda-vos diretamente para fora da sala. Por isso, ya, eu não gostei mesmo nada do meu 5ºano.

 

O 6ºano por um lado correu bem porque eu já não me sentia tão sozinha, mas por outro lado eu e a minha melhor amiga passávamos a vida a discutir (quer dizer...eu não discuto com ninguém, é só uma troca de argumentos ahaha). 

Nesta altura eu ainda era muito calma, se bem que no final do ano eu já estava meia tola e uma vez na hora do almoço os rapazes da minha turma decidiram perseguir-me  e à minha melhor amiga e como eu sou a única que reage muito mal a cócegas, fui a vítima de um ataque e depois tive que andar a fugir deles porque eu ia morrendo de tanto rir.

 

Agora o meu querido 7ºano, este ano foi de rir, foi a altura em que eu comecei a ficar retardada e era cada figura pior que outra. Infelizmente, maior parte desses episódios tristes foi com o crush da altura. Além dos acontecimentos com esse sujeito, houve um certo momento da história que eu não sei se estava com o cérebro a funcionar a 100%, de certeza que alguma coisa não estava bem...(vamos lá humilhar-me mais um bocadinho), mas um amigo meu, que na altura andava na dança, tentou ensinar-me um passo com a música Problem da Ariana Grande e se hoje eu ouvir essa música parto-me a rir e as pessoas ficam sempre com aquela cara do género "O que é que ela tem?".

Neste ano a pessoa mais irritante da sala ficava comigo em todas as aulas e em Físico-Química ele fazia-me cócegas e  despenteava-me, mas vá eu até gostava da companhia dele. 

 

Passando ao 8ºano, feito também de momentos retardados e estúpidos, e eu já falei de muitos deles há pouco tempo, desde fugir de abelhas à frente da sala do crush, ficar com portas do cacifo na mão e fingir que nada aconteceu, atirar-me para o chão só porque sim, ataques de riso nos momentos em que era suposto estar em silêncio. Foi um ano mesmo muito produtivo.

 

E por fim, o meu 9ºano que está quase a acabar e os melhores momentos deste ano foi quando eu andei a tentar descobrir em que lugar o crush da minha melhor amiga era, sim...eu fui aquela pessoa gentil que fez figuras nas escadas só para saber onde o rapazito ficava na sala e mesmo com a minha boa ação ela só dizia "Tem cuidado e se eles te viram pela janela? E se a stora viu?". Outra situação muito gira e que a minha melhor amiga não achou piada nenhuma, foi quando o crush dela passou mesmo ao nosso lado e eu virei-me "Oláaa miguxooo" (sim eu sou aquela amiga muito discreta e que não dá nada nas vistas), eu ri muito e ela ficou um bocadinho nervosa e não parava de dizer "Tu não estás bem, isso é febre? Oh Sofia ele vai ficar a achar que eu gosto dele" e adivinhem a minha resposta? "E não gostas?  Ainda me vais agradecer".

 

Chego ao final deste post e fico a pensar que ao longo destes últimos tempos eu tenho ficado cada vez mais doida e nem dei conta disso! Estes momentos todos fizeram com que eu tivesse dos piores ataques de riso e vão ficar sempre no meu coração e agora é só esperar por mais situações estúpidas, malucas e retardadas, mas antes disso tudo, estudar para os exames ahah :))

Espero que tenham passado aqui um momento divertido às custas das minhas figuras tristes, ahaha!

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

The Diary of a teenager

Sobre mim

Estudante de secundário• CT // Potterhead• Gryffindor // Bastille is my aesthetic // I'm a daydreamer and a nighthinker.

Frase da semana

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D