Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The diary of a teenager

A girl should be two things: classy and fabulous

30
Jun19

11º ano| Conteúdos, notas & conselhos

Sofia

As aulas e a primeira fase de exames já terminou e, neste momento, acredito que a última coisa que queiram ouvir seja a falar de aulas e escola e eu ainda pensei se seria boa ideia trazer este post agora ou em setembro na série de regresso às aulas. No entanto, nestes últimos dias eu tenho recebido bastantes comentários relativamente à passagem do ensino básico para o ensino secundário e também de alguns estudantes que terminaram agora o seu 10º ano e têm algumas dúvidas relativamente ao próximo ano escolar, portanto, eu decidi partilhar convosco mais um bocadinho da minha experiência enquanto estudante de secundário no curso de ciências e tecnologias. 

 

Grau de dificuldade: Assim de forma bastante sucinta, o 11º ano é um ano exigente. A verdade é apenas esta, é um ano de exames e os professores querem-nos o mais preparados para o que vem aí. A nível de conteúdos, muito honestamente, eu não senti grande dificuldade e penso que se mantém dentro do mesmo, sendo que esse não é mesmo o maior obstáculo. Senti que o maior obstáculo foi, sem dúvida, o nível de exigência que este ano pediu. A matéria não era particularmente difícil, contudo os testes eram bastante complexos e pediam um bom raciocínio e uma boa consolidação de conhecimentos. Sendo assim, vou deixar aqui um pequeno resumo sobre aquilo que foi lecionado.

 

➳ Biologia e Geologia

Quem me conhece sabe que esta é, sem dúvida, a minha disciplina favorita, sobretudo a componente da biologia. Como terminam o ano letivo anterior com biologia, começam o novo ano com biologia também e começam com a matéria mais bonita e interessante que alguma vez dei, o DNA e tudo o que está relacionado com o mesmo. Dão a replicação do DNA, a síntese proteica, ciclo celular e eu senti que estes conteúdos me deram uma nova visão sobre tudo aquilo que me rodeia, sobretudo o ciclo celular, uma vez que é um conteúdo que está intimamente ligado ao cancro e nos leva a ter uma perspetiva muito diferente desta doença. Estas são matérias em que vocês podem aproveitar tudo porque não são difíceis e existem imensos exames que podem usar para praticar e que, muito provavelmente, vão ser exercícios semelhantes aos que os professores vão usar. Depois disto dão a meiose, ciclos de vida e, finalmente, a evolução, onde falam de Darwin, Neodarwinismo e muitas outras coisas. Penso que a parte que senti mais dificuldade foi mesmo nos ciclos de vida e é uma das matérias de que menos gosto e que saiu uma perguntinha no meu exame. A biologia deste ano é completamente diferente do ano passado, mas é igualmente interessante e acho que isso contribuiu para ter tirado tão boas notas. Finalmente, em Janeiro/Fevereiro, começa a geologia que não é nada mais do que consolidação de 10º ano. Penso que a única coisa nova que dei foi a matéria relacionada com a ocupação antrópica e a minha professora nem exigiu muito porque não estava na matriz do exame disponibilizada pelo IAVE e também dei minerais e aquíferos. Os restantes conteúdos foram rochas sedimentares e este ano falam em meteorização química e entram em mais promenor com a física, falam também muito mais de magmatismo e acabam por conseguir relacionar com muita matéria de 10º ano (pequeno spoiler: falam em magma basáltico, andesítico, riolítico e diferenciação magmática) e, por fim, metamorfismo. Confesso que nos testes desci porque geologia não é, de todo, a minha praia e também estava tão exausta que acabei por nem dar o melhor de mim nos últimos testes. Ainda assim, consegui consolidar muita coisa do ano letivo anterior e acabou por se tornar muito útil para mim.

 

➳ Física e Química A

Começámos por dar física e posso dizer-vos que detesto completamente, no entanto, a primeira matéria é extremamente fácil, trata-se de movimentos e muitas noções de 8º ano voltam a entrar em prática. A partir daí, para mim, tornou-se o pesadelo porque detesto forças e envolvia também alguns conceitos de 10º ano que, na altura, não ficaram muito bem consolidados. Depois das forças, entram as ondas e o magnetismo e eu adorei esta matéria, é a minha matéria favorita de física e foi onde consegui as minhas melhores notas. No final, dão a luz e também detestei porque não gostei nada daqueles exercícios com fibras óticas. E finalmente, chega a parte mais gira que é, obviamente, a parte da química. Gosto mesmo muito de química e adorei a química de 11º ano. Começámos com o acerto de equações, estequiometria, reagente limitante e em excesso, grau de pureza e rendimento. Os exercícios destes conteúdos são os mais giros de resolver e torna-se mesmo muito interessante perceber como algumas reações química trazem tantos conteúdos à sua volta. Depois destes conceitos, entram as reações ácido-base, oxidação-redução e solubilidade. As minhas favoritas e as mais fáceis são as reações ácido-base e acabei por relacionar com imensa coisa do meu dia-a-dia. Para química preparam-se para trabalhar muito com moles, penso que é o único conteúdo de 10º ano que precisam de saber para conseguirem fazer o básico do básico.

 

➳ Matemática

Sem dúvida, a pior disciplina para mim e a que senti mais dificuldade. Durante todo o meu percurso escolar nunca fui uma excelente aluna a matemática e durante todo o ensino básico estava sempre entre o 3 e 4 e quando cheguei ao secundário as minhas notas também nunca foram ótimas. Nas questões-aulas consigo sempre tirar um 14 ou 15 porque incide em poucos conteúdos e, por norma, os exercícios são mesmo muito mais simples, mas nos testes eu nunca consegui passar do 11. Começámos com trigonometria, o que me deixou muito feliz, uma vez que sempre foi uma matéria que eu gostava muito no ensino básico e mesmo durante as aulas nunca tive muita dificuldade a fazer exercícios e penso que foi a melhor parte da matemática deste ano e onde consegui tirar (dentro do mau) as minhas melhores notas. Depois começou o inferno, sucessões. Ao início era bastante fácil e depois começou a meter limites e eu comecei a detestar completamente. Limites foi aquele conteúdo que nos acompanhou até ao final do ano e foi a matéria de que eu menos gostei, nunca entendi muito bem e não tinha mesmo forma de fugir deles porque qualquer exercício pedia a resolução de um limite. Foi um ano que se tornou bastante frustrante, nunca gostei de matemática e todos estes conteúdos levaram-me a fugir dela. 

 

➳ Português, Inglês & Filosofia

E estas são as disciplinas que acabam por se tornar do mesmo. Português foi um ano extremamente bom para mim e com conteúdos mega interessantes. Desde o Sermão do Padre António aos peixes até aos Maias, foi tudo incrível e consegui ótimas notas e fez-me subir 2 valores em relação ao ano passado. A nível de gramática dão a deixis e a coesão, nomes esquisitos mas muito fácil. Em relação a inglês, os mesmos temas continuam a ser debatidos, a mesma gramática é dada e foi a disciplina que menos me deu trabalho ao longo de todo o ano. Finalmente, filosofia, bemmm...posso dizer-vos que este ano ninguém na minha turma esteve particularmente atento a esta disciplina e conseguimos tirar sempre grandes notas. Estas são aquelas 3 disciplinas que vocês podem aproveitar para subir a vossa média porque são fáceis e os próprios professores costumam ajudar para não nos prejudicar. Ainda assim, continuem-se a esforçar porque são igualmente importantes às específicas.

 

Notas: Vou começar por vos dar um conselho mesmo muito importante e que fui reparando que imensa gente da minha turma não tinha isto em mente e acabaram por sair prejudicados. Tenham atenção às vossas notas finais. O 11º ano é um fecho de um pequeno ciclo, as disciplinas bienais de biologia, físico-química, filosofia e inglês terminam e vocês perguntam: qual é a média final dos 2 anos? Ora, não é nada mais do que o quociente da soma das vossas notas finais a estas mesmas disciplinas. Vou dar-vos o meu exemplo:

 

1) Inglês 

Nota final de 10º ano: 18

Nota final de 11º ano: 19

Nota final dos 2 anos: 18+19/2 =19 , ou seja, a nota final a inglês é de 19.

 

2) Filosofia

Nota final de 10º ano: 14

Nota final de 11º ano: 15

Nota final dos 2 anos: 14+15/2= 15, mais uma vez, a minha nota final à disciplina é de 15.

 

Muito simples, não é? E o esquema é sempre este, mesmo às disciplinas específicas que também são bienais. Portanto, tenham mesmo muito cuidado com isto, porque muitas amigas minhas tinham notas finais do ano passado de 15/16 e, este ano conseguiram subir para o 19, ficando prejudicadas devido a isto. Assim, aproveito para avisar que a nota que vocês vão a exame não é a nota que terminam o 3º período, mas sim a nota dos 2 anos, ou seja, mais uma vez aquela conta que indiquei acima entra em jogo. E mais uma vez vou dar-vos o meu exemplo:

 

3) Biologia

Nota final de 10º ano: 14

Nota final de 11º ano: 14

Nota final dos 2 anos: 14+14/2= 14, ou seja, a nota que vou a exame é de 14. Assim como é também a nota a que termino a disciplina.

 

Eu espero mesmo que isto tenha sido útil e que seja tomado em atenção por vocês porque eu sinto que as pessoas não dão o verdadeiro valor a esta situação durante a maioria do ano e depois chegam ao final e percebem a diferença que isto vai fazer na vossa nota. E bem, uma das perguntas mais frequentes que recebo relativamente a notas é se no 11º ano as notas sobem e compensam as notas mais baixas de 10º ano. A minha resposta a isto é bastante simples. Nunca é tarde demais para dar a volta por cima e vocês só fizeram metade do percurso, ou seja, conseguem perfeitamente compensar as notas que tiveram. Contudo, tenham em atenção a situação que referi anteriormente.

 

Conselhos: O maior conselho que vos posso dar é não complicar as coisas. Durante todo este ano letivo deparei-me com imensas situações onde as minhas amigas estavam a tornar o simples num bicho de 7 cabeças e isso está muito errado. Tentem sempre manter a calma e dar o vosso melhor. Lembrem-se também que existe uma oferta tão grande e tão diversificada no que toca a cursos superiores e que não é por não terem tão boa nota a matemática ou biologia que estão no curso errado. Olhem para o meu caso, eu detesto matemática e não tenho uma boa nota e ainda assim gosto do curso onde estou, tenho uma boa média e boas notas às restantes disciplinas. Nunca desistam por acharem que estão no lugar errado só porque uma ou duas disciplinas estão lá para vos dificultar a vida. Procurem e informem-se. Tentem procurar no site do DGES os cursos e vejam também as provas de ingresso porque vocês têm a opção de mudar o exame de FQ pelo exame de Filosofia. Imaginem que não têm grande nota a FQ e são mesmo bons alunos a Filosofia e a prova de ingresso para o curso que desejam pede só biologia ou matemática ou o conjunto de biologia-matemática, podem perfeitamente arriscar e fazer o exame de filosofia. Isto tudo é uma questão de saberem aquilo que é melhor para vocês, ver as coisas como elas são e perceber aquilo que têm e podem usar. E relativamente aos exames, não fiquem demasiado nervosos, sinto que as pessoas fazem dos exames nacionais uma verdadeira dor de cabeça e isso só contribui para aumentar a ansiedade, pensem sempre que têm mais do que 1 oportunidade para tirar boa nota e é esse o espírito. Por isso, não tenham medo, aproveitem tudo, estudem muito e bem e tentem sempre dar o melhor de vocês, sem desistir e sem dar parte fraca.

 

E depois de um longo post, espero que vocês tenham gostado. Tentem ser o mais real possível, tentei pegar em tudo aquilo que me preocupou, em todas as minhas dúvidas e responder para tornar todo este processo mais fácil para vocês. E bem, se estiverem interessados em ler um bocadinho mais sobre o 10º ano e sobre a minha entrada no secundário vou deixar também aqui o link (clica aqui) e para quem ainda não estiver no secundário e tiver dúvidas relativamente ao ensino básico tenho também alguma ajuda para vocês (7º ano| 8º ano| 9º ano).

 

Qualquer dúvida que tenham não hesitem em perguntar, um beijinho e vejo-vos num próximo post :)

23
Jun19

Q&A: Veganismo, Profissão, Edição de fotos

Sofia

Uma das coisas que gosto de fazer enquanto blogger é dar-me a conhecer um bocadinho melhor aos meus leitores, penso que é uma forma única de terem uma ideia muito mais real de quem está atrás do ecrã. E foi a pensar nisto que, há uns dias atrás, decidi fazer um Q&A, vocês fizeram-me algumas perguntas, que aproveito já para vos dizer que estão muito interessantes e hoje eu vou responder a tudinho. 

Summer by the Beach.png

 

Vou começar por responder a todas as perguntas anónimas que recebi nos comentários e na caixa de mensagens que se encontra na coluna lateral.

 

1- Quais são as coisas mais difíceis em ser blogger?

Há uns anos atrás, eu estava um bocadinho perdida a nível de conteúdo, ou seja, não sabia bem o que publicar, sentia que não tinha ideias e acabava por publicar coisas sem nexo nenhum. Eu lembro-me perfeitamente que as únicas alturas do ano em que me sentia mesmo inspirada para escrever era no final do verão quando as aulas começavam e na altura do Natal. Agora que olho para trás, isso foram alturas um bocadinho difíceis para mim, porque eu sentia-me perdida e desmotivada em continuar, mas consegui dar a volta por cima e hoje estou aqui. O que me ajudou a contornar este grande problema foi, sem dúvida, o facto de me ter focado em certas categorias. Eu agora sinto que tenho ideias para o ano todo, tento pegar num tema e trabalhar nele e eu acredito que isto também está muito relacionado com a maturidade. Quando eu comecei com o blog eu tinha 12/13 anos e até a minha própria escrita era completamente diferente da de hoje e acho que isso tudo contribuiu para conseguir passar por esta fase menos boa. Neste momento, em pleno 2019, eu penso que o maior problema que tenho em ser blogger é mesmo a falta de tempo. Em tempo de aulas eu não consigo vir aqui semanalmente e isso deixa-me bastante frustrada. 

 

2- Imaginas um futuro com o blog ou é algo que vai ter um fim?

É assim, neste momento, o blog para mim é uma das coisas de que mais me orgulho. Eu adoro esta sensação de escrever, de poder gerir algo, de interagir com os leitores e com outros bloggers e até as dores de cabeças que tenho devido às horas que passo a tentar fazer a personalização perfeita. No futuro pretendo, obviamente, continuar com isto, no entanto eu não vos posso garantir de que não vai ter um fim porque a vida dá imensas voltas e eu não faço ideia se, no futuro, isto continuará a fazer sentido para mim. 

 

3- O que fazes nos teus tempos livres sem ser escrever/trabalhar para o blog?

Durante o ano letivo, os meus tempos livres são mesmo muitos raros e quando os tenho aproveito mesmo para descansar, ouvir alguma música e ver uma série com a minha cadela no sofá. Durante o verão, eu passo grande parte do meu tempo a organizar tudo para aqui e acreditem que dá imenso trabalho. Mas fora disso, aproveito para sair com os meus amigos, com a minha irmã, para ler livros, para ver filmes e séries e, claro, para ouvir música. O que seria da minha vida sem música? E não me podia esquecer, costumo aproveitar o sábado à tarde para ficar deitada no jardim, na cama de rede, a ler ou a ouvir música e é das coisas mais relaxantes de sempre. 

 

4- Olá Sofia! Quais são as aplicações que utilizas para editar as fotografias? (nomeadamente do post de Lisboa) Beijinhos e saudades <3

Desde já quero avisar que eu não sou nenhuma técnica em fotografia e, sinceramente, gostava de perceber muito mais do assunto, mas ainda não me dediquei totalmente à tarefa. Ora, eu já experimentei trabalhar com o Lightroom, mas não resultou nada e eu continuo sem perceber como é possível criarem aqueles presets todo bonitinhos. Por isso, aqui a vossa amiga é muito prática, eu instalei o VSCO e trabalho lá. Tanto as fotos que tenho no meu Instagram e aqui no blog são editadas lá e normalmente costumo utilizar o filtro M5 e depois dou uns retoques no que precisa de ser ajustado. Normalmente, a minha inspiração para editar as fotos é no Pinterest porque existem imensas pessoas que explicam como podem editar a foto de forma a ficar igual à foto delas (cliquem aqui para ver) e eu tento guiar-me por lá. Para além do VSCO, eu uso também a HujiCam quando procuro um efeito mais vintage nas minhas fotos e adoro o resultado final.

Espero ter ajudado e beijinhos <3

 

5- Qual é a tua posição/opinião sobre veganismo?

Eu sinto que este assunto ainda gera alguma controvérsia e eu vou ser o mais sincera possível. Para quem me conhece e segue há bastante tempo sabe perfeitamente que eu adoro animais, eu sou apaixonada por animais e sou completamente contra o zoo, não acho que seja correto manter animais selvagens naquelas condições apenas para divertimento humano, também sou totalmente contra as touradas e não sei como é que existem pessoas que as consideram cultura, sou contra circos que utilizem animais e contra os testes em animais onde os usam como cobaias, literalmente. No entanto, eu sinto que também há extremos e tudo o que é em demasia ou o contrário é mau e, na minha opinião, devia haver um meio termo. Existem imensas pessoas que dizem que é natural a galinha pôr o ovo, mas é preciso pensar que NÃO é normal as condições a que elas são expostas apenas para aumentar a produção e eu compreendo perfeitamente que hajam pessoas que deixam de consumir esses produtos. Pessoalmente, eu não conseguia e abdicando, por exemplo, de ovo estão a abdicar de proteína que, eu sei que pode ser facilmente substituída por outro complemento ou até por outros alimentos, no entanto, eu sinto que devia haver um balanço. Por exemplo, 1 ou 2 refeições vegan por semana já faz toda a diferença e eu acho que deviam ter isto mais em conta.

 

6- És vegetariana? Se sim, porquê? se não, gostarias de vir a ser algum dia?

Eu não sou vegetariana, contudo, eu nunca fui grande fã de carne. Eu nunca gostei muito de carne vermelha e chegou ao ponto em que eu não consumo. As únicas vezes em que consumo carne vermelha é quando como fast-food e isso é mesmo muito raramente. E sinceramente, eu gostava muito de um dia ser vegetariana mas, tal como referi acima, iria tentar encontrar um balanço e o máximo seria fazer 2 ou 3 refeições vegetarianas por semana para encontrar um equilíbrio. 

 

7- Com todo o sucesso que o youtube/instagram e outras redes sociais proporcionam, ainda recomendas a criação de um blog? Ou já é algo old school?

Sem dúvida que recomendo e acho que nunca sai de moda. Aqui entre nós, eu gostava mesmo muito que os blogs voltassem a ter o reconhecimento que tinham antes desta febre do Youtube. Sinto que o Youtube tem cada mais conteúdo e nem todo esse conteúdo é bom, no entanto, é esse que recebe o reconhecimento e os vídeos que são realmente bons passam um bocadinho ao lado das pessoas. Quando eu criei o meu primeiro blog em 2014, eu nunca tinha ouvido falar em metade dos youtubers de hoje e havia imensa gente na blogosfera, começou aqui toda uma era de blogs adolescentes, muitas das minhas leitoras criaram também blogs e eu tenho saudades dessa época onde havia uma enorme diversidade de conteúdos por aqui e todos recebíamos o devido reconhecimento. Por isso, têm todo o meu apoio em criarem blogs :)

 

8- Como é que consegues ter sempre o blog tão lindo? Adoro a nova personalização e adoro os teus posts, um beijinho enorme. -Carla

Isto foi tão fofinho <33 Eu tenho as melhores leitoras do mundo, não acham? Vou aproveitar para vos agradecer por todo o carinho que me dão e aqui um obrigada em especial à Carla, fico mesmo muito feliz por gostares da personalização porque isto deu-me um trabalho enorme e demorou umas boas semanas a fazer, uma vez que a pessoa estava sem ideias. Beijinhos <3

 

9- Olá, qual é o teu nome de usuário no Insta?

Esta é uma daquelas perguntas que ainda recebo frequentemente. Eu neste momento ainda não sinto que seja a altura correta para tornar isto tudo como público, ou seja, a partir do momento em que eu divulgo o meu Instagram, uma certa parte da minha privacidade é invadida e eu ainda quero tê-la durante mais algum tempo. Portanto, penso que vou sair do anonimato no meu primeiro ano de faculdade porque, para mim, é o que faz mais sentido. Até lá vou continuar a trazer-vos lookbooks e algumas surpresas que tenho em mente para vocês.

 

Vamos agora passar às perguntas da Catarina:

 

10- O que mais gostas na tua cidade, o Porto?

Adoro a vibe da cidade, sem dúvida. Se vocês vierem ao Porto conseguem sentir uma energia tão boa e tão positiva. Para mim, um dos maiores encantos está na zona da Ribeira ao final da tarde num dia de sol. Torna-se mesmo muito relaxante, sobretudo porque costuma estar lá um rapaz a tocar guitarra e a cantar, normalmente as músicas do Ed Sheeran e isso, juntamente com o rio, contribui para um ótimo ambiente. Além disto, adoro as pessoas do Porto, considero (a maioria) extremamente simpáticas porque, acreditem, também há aqui aquelas pessoas que acordam os pés de fora todos os dias! Portanto, se vierem ao Porto aproveitem para passear muito porque existem aqui sítios lindos, jardins com vista para o rio e com uma vibe única, restaurantes muito fofinhos e que pedem muitas fotos.

 

11-Pretendes fazer Erasmus ou algum intercâmbio no futuro? Porquê? 

Eu gostava mesmo muito de ter a experiência de fazer Erasmus. Em primeiro lugar, viajar para outro lugar torna-nos automaticamente em pessoas mais ricas, faz-nos entrar em contacto com culturas diferentes da nossa e tudo isso tem um grande impacto em nós. Em segundo, gostaria de ter a experiência para me enriquecer pessoalmente e me fazer crescer, no sentido em que estaria longe de casa durante um grande intervalo de tempo e as responsabilidades iriam crescer e eu iria aprender a dar valor a coisas simples, mas que fazem toda a diferença. E finalmente, obviamente, que iria gostar de fazer Erasmus, pelo simples facto de que estaria a viajar e iria ter a oportunidade de passear muito e conhecer lugares que sempre quis visitar.

 

12) O que mais gostas de fazer no verão? 

Eu adoro estar de férias e poder descansar, mas eu não consigo estar parada e se não me sentir produtiva começo a entrar em maluquinha. Por isso, gosto de dividir o meu verão. Passo grande parte do meu tempo a gerir o blog, começo a fazer programações para os meses de aulas (Setembro a Dezembro) e também costumo fazer alguns posts para Agosto para quando vou de férias. Assim, como também trabalho imenso durante o período de férias, também aproveito para relaxar e normalmente faço isso vendo algumas séries e filmes, ouvindo música, passeando com os meus amigos e com a minha irmã e também costumo ler uns bons livros.

 

13) Se pudesses visitar qualquer país no mundo inteiro neste momento qual visitarias?

Estados Unidos, sem pensar duas vezes. É um daqueles sonhos desde pequena. Desde que vi "O Sozinho em Casa" que tenho o sonho de ir a NYC durante o Natal e agora ainda quero ir mais porque iria sentir que estava num episódio de Friends. Desde dos tempos de Hannah Montana que também tenho o sonho de visitar a Califórnia e penso que isto é o que desperta mais a minha curiosidade. 

 

14) O que pretendes ser (profissão)?

Desde que entrei no secundário já mudei várias vezes de ideias, entrei a achar que queria seguir Ciências Farmacêuticas, no inicio do 11º ano achei que queria Ciências da Nutrição e depois comecei a analisar um bocadinho mais do plano de estudos e percebi que não me imaginava a estudar aquilo e a exercer isso como profissão. Foi aí que me deparei com Enfermagem na ESEP aqui no Porto e fiquei mesmo muito satisfeita com tudo o que o curso oferecia, analisei com cuidado o plano de estudos, que é bastante interessante, e vi que reunia tudo aquilo que eu mais gosto e eu acho que isso é, sem dúvida, o mais importante para nos sentirmos bem connosco mesmos e com a profissão que vamos exercer para a vida. Portanto, em 2020 um dos meus objetivos é conseguir entrar aqui e quando terminar o curso gostava muito de ter a oportunidade de trabalhar fora do país, gostava de viver algum tempo em Londres e de trabalhar lá porque, infelimente, a situação dos enfermeiros aqui em Portugal não é a melhor. 

 

Depois de um longo Q&A chegámos ao fim e espero que vocês tenham gostado e que tenham ficado com uma ideia mais real de tudo aquilo que me rodeia e que me tenham ficado a conhecer melhor. Quero, por fim, agradecer a todas as pessoas que me enviaram estas perguntas e vejo-vos num próximo post, beijinhos <3

20
Jun19

Expectativa VS Realidade| Estudar para os exames

Sofia

Uma grande parte do nosso futuro e a nossa entrada na faculdade está definida pela nota de exames nacionais e é durante esta altura do ano que os alunos portugueses entram numa elevada onda de ansiedade. Ora, penso que uma das coisas que mais me caracteriza é o facto de tentar ver as coisas sempre pelo lado positivo e eu não seria eu se não aproveitasse esta altura do ano para brincar um bocadinho com toda esta situação de stress. Assim, hoje, venho retratar as situações mais comuns (e hilariantes) que, nós alunos, fazemos durante o nosso estudo para os exames.

 

Expectativa VS Realidade_ Estudar para os exames.p

 

1- Fazer exames de anos anteriores

 

➳ Expectativa: "Não acredito que tive quase todos os exercícios certos, quase que nem precisei de rever esta matéria. Afinal lembro-me de tudo o que dei nestes últimos 2/3 anos."

Realidade: "Mas eu dei isto sequer? Como é que eu vou fazer exame daqui a 1 semana?"

 

2- Pausas de Estudo

 

➳ Expectativa: "Faço estes 4 grupos e depois faço uma pausa de 5 minutos." Os 5 minutos foram, efetivamente, 5 minutos.

➳ Realidade: "Finalmente uma pausa, já não me conseguia concentrar, vamos lá aos 5 minutos."  Entretanto...10 minutos, 20 minutos e muito mais. "O quê? Já passou 1h? Alguém não devia ter ficado a ver memes no instagram."

 

3- Aulas de apoio e dúvidas

 

➳ Expectativa: "Ótimo, percebi tudo na aula de apoio e hoje vou conseguir fazer todos os exercícios dos exames e dos livros."

➳ Realidade: "Mas como é suposto fazer isto? Eu nunca vi nada assim em toda a minha vida!" 

 

4- Estudar sob pressão

 

➳ Expectativa: "Estudei tudo 2 dias antes do exame, estou pronta."

➳ Realidade: "Eu não acredito que me esqueci de estudar esta matéria quando o exame é já amanhã. Será que tenho tempo para perceber? Decorar? O que é que vou fazer à minha vida?"

 

5- Histórias do Instagram

 

➳ Expectativa: "Estamos todos juntos a estudar."

➳ Realidade: "Ver estes stories partem-me o coração, está meio mundo de férias porque as aulas acabaram na sexta-feira. Por favor, troquem de lugar comigooo."

 

E chegamos ao fim! Eu espero que tenham gostado tanto quanto eu, porque eu diverti-me imenso a recriar algumas das coisas que toda a gente faz quando está a estudar para os exames, quando estamos sob stress. Digam-me nos comentários qual é a situação com que mais se identificam, quero saber de tudo :)

19
Jun19

Q&A + Update

Sofia

Durante estes últimos dias tenho dado tudo para físico-química, daí estar um bocadinho mais desaparecida por estes lados. Hoje fui fazer exame e posso dizer-vos que foi minimamente estranho. Embora já tenha lido de tudo, na minha opinião, o exame não era difícil mas também não era muito fácil, estava num meio termo e era acessível. Agora que já saíram os critérios, o que me deixa completamente frustada é o facto de ter errado coisas tão básicas e que eu sabia, no entanto, muitas delas estavam camufladas, ou seja, aquelas ratoeiras que o nosso querido IAVE gosta de fazer. Senti que este exame estava recheado delas, que haviam exercícios bastante fáceis e que todos nós fomos levados ao erro. Neste momento, nem sei dizer como me sinto, continuo ligeiramente nervosa e mesmo muito cansada e ainda tenho de recarregar baterias para o exame de biologia, por isso desejem-me sorte :)

 

E bem, isto tudo para vos dar um pequeno update do que tenho andado a fazer e agora aproveito para vos pedir para enviarem algumas perguntas para o Q&A que vou fazer aqui no blog, eu já recebi algumas, no entanto, sinto que ainda não são suficientes para responder. Assim, podem deixar tudo o que quiserem saber sobre mim ou sobre outro assunto qualquer nos comentários deste post ou na caixa de mensagens que se encontra na coluna lateral. 

 

Um beijinho e boa sorte para todos aqueles que ainda se encontram em época de exames <3

12
Jun19

#56 Moda é Magia

Sofia

Capturar.PNG

(Vestido Pull&Bear- 22,99€ | Sandálias Springfield- 24,99€ | Mala Parfois-19,99€)

 

Os últimos dias têm-se resumido a estudar e estudar, tenho andado pelo mundo da física e da química e nem tenho aproveitado para estar um bocadinho ao ar livre. Felizmente, os dias não estão maravilhosos e a pedir piscina, aqui no Porto as temperaturas não passam dos 20ºC e para quem está a estudar sabe que isto é o clima ideal. Ora, apesar de ainda não podermos desfrutar dos últimos dias de primavera, trago-vos um look ótimo para o verão, fresco, feminino e se eu pudesse dar um nome a este look, sem dúvida, que lhe dava o meu porque foi baseado no meu guarda-roupa.

Assim, para este verão apostem na ráfia porque está em todo o lado, sandálias, malas e muito mais. Uma moda que, por acaso, conquistou facilmente o meu coração e acho que fica muito giro, sobretudo nesta época do ano, e vocês?

 

Gostaram do look? Digam-me nos comentários quais são as peças e modas que vão usar e abusar neste verão :)

10
Jun19

TAG| 10 Beauty Questions

Sofia

Uma das coisas que sempre gostei de fazer aqui neste cantinho foi dar-me a conhecer melhor aos meus leitores, penso que nos permite criar alguns lados e dá-nos uma visão completamente diferente da pessoa que está do outro lado. Assim como gosto de responder, também gosto de ler as respostas das pessoas que faço o desafio e hoje decidi juntar o melhor de dois mundos, venho responder a algumas perguntas sobre moda e beleza. Por isso, sem mais demoras, vamos lá :)

 

THE DIARY OF A TEENAGER.png

 

1- Qual foi o primeiro produto de maquilhagem que compraste?

A minha mãe já me tinha oferecido algumas sombras, no entanto, eu nunca as usava porque não gostava muito de maquilhagem. Portanto, penso que o primeiro produto de maquilhagem que comprei foi uma máscara de pestanas, sejámos realistas, toda a gente quer aquele pestanão bem lindo e poderoso!

 

2- Descreve a máscara perfeita

Gosto de explorar produtos de maquilhagem, mas penso que encontrei a máscara perfeita de pestanas. Estou a falar da Standout Volume Buildable Mascara da Kiko. Como o próprio nome indica, o que mais gosto nesta máscara é o facto de poder construir, posso aplicar diversas camadas, uma vez que o produto não seca no momento e isso é bastante bom. Além disso, não deixa aqueles grumos e tem uma duração impecável, enquanto que algumas máscaras que já experimentei isso não acontecia, chegava ao final do dia e parecia que já tinha desaparecido. Recomendo mesmo muito, tem uma boa relação qualidade/preço e os nossos olhos ficam lindos.

 

3- Qual é o produto de maquilhagem que não podes sair de casa sem?

Sem dúvida alguma, corretor. Eu não tenho muitas olheiras, mas no queixo a minha pele tem tendência a ser um bocadinho mais escura devido ao acne que tive durante o 7º e 8º ano, então tento sempre aplicar um bocadinho de corretor aí.

 

4- Costumas comprar maquilhagem frequentemente? Preferes comprar tudo de uma vez ou vais comprando aos poucos?

Bem, tendo em conta que eu não uso maquilhagem todos os dias, os produtos acabam por durar bastante tempo, portanto, no que diz respeito a base, corretor, primer e pó, são produtos que me duram cerca de 1 ano. De vez em quando, compro é um batom novo porque aí gosto de variar. No que toca à compra, normalmente vou comprando aos poucos, uma vez que compro à medida que os produtos vão acabando.

 

5- Marca favorita de produtos para o corpo (banho, cremes, etc...)

Adoro do fundo do meu coração Soap&Glory, esta marca é inglesa e eu experimentei pela primeira vez há cerca de 1/2 meses e estou completamente apaixonada, quer pelo gel de banho, quer pelo creme corporal, o cheiro é incrível e o efeito que deixa na pele é mesmo bom. Quando for a Inglaterra quero mesmo aproveitar para comprar mais. Mas bem, tendo em conta que isto não se encontra em lojas físicas cá, vou aproveitar para vos dizer que adoro The Body Shop para cremes, tento alternar entre estas duas marcas e gosto mesmo muito.

 

6- Qual é a marca que, para ti, tem melhor packaging?

Benefit Cosmetics e a Tarte Cosmetics. Aquele packaging é dos deuses, dá logo vontade de comprar pelo aspeto divertido e feminino que têm, A-D-O-R-O!

 

7- O que aplicas primeiro? Corretor ou base?

Já cheguei a experimentar das duas formas, mas ultimamente tenho aplicado primeiro a base e só depois o corretor. Gosto bastante do efeito assim e é o que resulta melhor comigo.

 

8- Quais são as tuas maquilhadoras favoritas?

Sem pensar duas vezes, Inês Mocho! As maquilhagens que ela faz são lindas e eu sei que a maioria delas não vou usar no meu dia-a-dia, mas não posso deixar de louvar toda a técnica que ela tem. Para além dela, admiro também outra youtuber portuguesa que não é maquilhadora e o conteúdo dela nem se centra totalmente em maquilhagem, mas eu identifico-me muito com ela. Ora, estou a falar da Sofia Barbosa, eu adoro as maquilhagens que ela faz porque são bastante simples e naturais e inspiro-me muitas vezes nos tutoriais dela.

 

9- Alguma vez pensaste em inscrever-te num workshop de maquilhagem?

Sinceramente não. O Youtube é uma plataforma que tem todo um mundo de maquilhagem e com os melhores profissionais para nos ensinarem truques e tudo aquilo que precisámos de saber, aliás a maioria das coisas que sei sobre maquilhagem foi lá que aprendi e ainda hoje continuo a aprender várias coisas novas. Com isto, não quero dizer que não se devem inscrever porque existem milhares de tutoriais no Youtube, quero apenas dizer que no meu caso não faz sentido porque a maquilhagem que faço é uma maquilhagem natural e para dia-a-dia.

 

10- Qual é a coisa que mais gostas em maquilhagem?

O facto de poder brincar com as minhas feições. Posso realçar aquilo que mais gosto no meu rosto e esconder aquilo que não me deixa tão confiante. E tenho pena que ainda hoje exista tanta controvérsia neste assunto, sinto que ainda hoje a maquilhagem é vista por muitos como algo mau e que só serve para as pessoas se sentirem mais bonitas e que sem ela não se vão sentir confiantes. Pessoalmente, eu acho esta ideia muito errada. A maquilhagem, obviamente, que nos dá um bocadinho mais de autoestima, mas somos igualmente bonitas com ou sem ela e se queremos usar para realçar/esconder algo ou apenas porque gostámos de nos maquilhar, não vejo mesmo onde é que isso é errado e gostava imenso que as pessoas percebessem isso.

 

E agora, vou desafiar algumas bloggers para responder a estas perguntas. Aqui vai: CatarinaMariana e Patrícia

 

Espero que tenham gostado e vejo-vos num próximo post :)

08
Jun19

2º Dia | Lisboa

Sofia

Ontem contei-vos um bocadinho do primeiro dia da minha viagem de final de ano e hoje vou contar-vos como foi o último dia que foi passado em Lisboa. 

 

➳ Eu fiz direta com alguns amigos meus e nós tínhamos de estar prontos para tomar o pequeno almoço às 8:30, portanto, como vocês podem imaginar, era bastante cedo quando nos começámos a arranjar e a arrumar tudo, portanto eram 7:30 e nós já estávamos prontos. Felizmente, foi a altura em que os professores acordaram e eles deixaram-nos dar uma pequena volta no centro de Évora.

 

Depois de tomar o pequeno almoço e estar tudo pronto, partimos para Lisboa e a viagem durou cerca de 1h20, passámos na Ponte 25 de Abril e parámos no Cais do Sodré. A ideia para Lisboa era fazer o percurso dos Maias, ou seja, passar nos locais que nos levavam até à história e à tarde tínhamos de estar no Museu da Eletricidade. Começámos então pelo percurso dos Maias, subimos a Rua do Alecrim, vimos a estátua de Eça de Queirós, passamos também na Praça de Luís de Camões e, finalmente, terminámos no Rossio. Almoçámos nos Armazéns do Chiado, os professores nessa hora deixaram-nos explorar Lisboa sozinhos, estivemos naquela zona do Chiado e depois fomos para o Terreiro do Paço e aproveitámos para relaxar um pouco.

Por volta das 14:30 fomos para o Museu da Eletricidade e fizemos algumas atividades muito giras e relacionadas com Físico-Química e eu fiquei a conhecer uma realidade que não fazia a menor ideia que existia, isto é, o local de trabalho onde imensas pessoas trabalhavam para nos dar energia, em condições de imenso calor e isto era, sem dúvida, algo que nunca me tinha passado pela cabeça.

 

lih.jpg

 

E pronto, o nosso dia terminou por aqui e as próximas horas foram passadas novamente no autocarro para regressarmos ao Porto. Eu não vou mentir, prefiro a cidade do Porto, adoro a minha cidade e tudo o que ela traz, mas também gostei muito da cidade de Lisboa. Gostei da luz e da própria cor, achei muito giro todos os edifícios serem amarelos, ou rosa ou até mesmo azul e lilás, enquanto que aqui no Porto, pelo menos no centro, é tudo mais escuro. Fiquei com bastante pena de não termos visto mais de Lisboa, no fundo, eu acabei por conhecer apenas uma pequena parte de uma cidade tão grande, não estive sequer em Belém e era algo que eu gostava mesmo muito de visitar e, apesar de ter adorado a visita ao museu, preferia não ter feito isso porque acabámos por perder muito da cidade. De forma geral, gostei bastante destes 2 dias e deu para reforçar laços com os meus amigos e criar memórias únicas <3

 

Agora aproveito para vos pedir para deixarem algumas perguntas nos comentários deste post ou mesmo na caixa de mensagens que se encontra na coluna lateral do blog, porque eu estou a pensar em fazer um Q&A. Por isso, façam as perguntas que quiserem, sejam originais e criativos porque eu vou responder a tudo :) 

07
Jun19

1º Dia | Estremoz e Évora

Sofia

Como referi anteriormente, eu estou no 11º ano e as minhas aulas acabaram mais cedo devido aos exames. Felizmente, tive a sorte de ainda ter uma viagem de final de ano, partimos no dia 4 para Estremoz e passamos o dia 5 em Lisboa. Diverti-me imenso e, tal como prometi, vou contar-vos tudo o que aconteceu, assim, sem mais demoras, vamos lá começar :)

 

➳ Bem, saímos da escola às 7:45 e foi uma viagem de (+/-) 4h, pelo que se tornou um bocadinho cansativo, mas foi também divertido porque começámos todos a falar e a cantar e isso contribuiu para um bom ambiente. Depois de tantas horas num autocarro, chegámos finalmente ao Centro da Ciência Viva de Estremoz e foi lá que almoçámos e descansámos um bocadinho antes de iniciarmos com as atividades. Infelizmente, tivemos de deixar os nossos telemóveis guardados e desligados porque fomos visitar uma pedreira, então não consegui tirar fotos para vos mostrar, no entanto, posso dizer-vos que era enorme e eu fiquei mesmo surpreendida com a profundidade e com as condições de trabalho. Assim que deixamos a pedreira, voltamos para o centro e começámos com as atividades que foram bastante intuitivas e dinâmicas e permitiu-nos fazer uma revisão de toda a matéria de geologia que demos ao longo destes 2 anos.

 

➳ Deixámos o centro quase às 19:30 e fomos de autocarro até Évora. Quando chegámos fomos à Pousada deixar as malas e, de seguida, fomos jantar à Universidade de Évora. Posso dizer-vos que há aqui um contraste entre o Norte e Sul, eu conheço de forma bastante geral as universidades aqui no Porto e são todas bastante modernas e lá era tudo num estilo mais antigo e que se encaixava perfeitamente na cidade e eu achei isso mesmo muito giro. Gostei muito da vibe da cidade de Évora e pareceu-me uma cidade muito boa para estudar. Ora, depois do jantar fomos dar uma volta pela cidade e fomos ao Templo de Diana, adorei completamente. A última vez que estive em Évora foi em 2008 e foi muito bom voltar aquele lugar e trazer novas memórias. 

 

➳ Depois deste pequeno passeio noturno pelo centro da cidade, onde aproveitámos também por comer uns gelados, fomos para a pousada e o meu quarto foi, literalmente, o quarto do povo, a minha turma estava quase toda lá e passámos a noite a jogar às cartas, a ler histórias de terror e enquanto que uns adormeceram, aqui a vossa amiga fez direta juntamente com 3 amigos e às 5h fomos ver o nascer do sol para o terraço e foi completamente lindo. Gostei mesmo muito deste primeiro dia, pois criei memórias inesquecíveis com os meus amigos e que vão ficar no meu coração.

 

BeFunky Collage.jpg

 

E bem, foi este o post! Espero que vocês tenham gostado <3

04
Jun19

Favoritos de Maio| Finalistas, Música, Blog

Sofia

Adivinhem lá quem voltou? É verdade, depois de alguns dias desaparecida porque tive a estudar para os meus últimos testes decidi regressar aqui a este cantinho. Ora, de uma forma rápida e sucinta, as minhas aulas estavam previstas a acabar dia 6 de Junho devido aos exames, no entanto, tivemos bastante sorte e a escola organizou uma viagem de final de ano a Estremoz e Lisboa, pelo que as minhas aulas acabaram ontem. Portanto, neste momento eu devo estar em viagem e assim que regressar ao Porto, no dia 5, tenciono deixar-vos a par de tudo.

E agora, para compensar o tempo que estive ausente pensei em partilhar com vocês as coisas que mais gostei no mês de maio que, por sua vez, foi bastante cansativo devido a todo o trabalho e stress, mas tudo correu bem e agora é um último esforço para os exames e estou oficialmente de férias. Por isso, sem estar aqui com mais rodeios, vamos lá começar :)

 

Favoritos de maio.png

➳ Finalistas: Imposição das Insígnias, Cortejo, Missa dos Estudantes

Quem já me segue há bastante tempo, sabe que eu tenho uma irmã mais velha que, na verdade, me ajuda imenso com assuntos relacionados com o blog, ajuda-me a responder a todos os e-mails, ajuda-me a tirar as fotos, a dar algumas ideias e está sempre disponível para tudo o que lhe peço. Nós temos uma diferença de 6 anos e este ano foi o último dela na faculdade. A minha irmã estudou Engenharia na FEUP e o curso era de 5 anos, portanto, como vocês devem saber, o mês de Maio é basicamente o mês do estudante, é quando se fazem as festas dos finalistas e a minha irmã não fugiu à regra. No dia da mãe fomos assistir à missa dos Estudantes na Avenida dos Aliados, mais tarde fomos assistir à cerimónica da Imposição das Insígnias e penso que foi a minha parte favorita de toda esta festa porque é quando vocês percebem realmente que todo o esforço vale a pena e que todo este processo enquanto estudantes é, sem dúvida, um processo bonito e que nos faz criar imensas memórias. Continuando, isto tudo foi no domingo e depois na terça fomos assistir ao cortejo que há pelas ruas do Porto e também foi muito giro, mas tornou-se mais cansativo, na medida em que demorou imenso tempo a sair e o tempo também não estava muito agradável.

Considero que isto foi um dos momentos altos do mês de Maio, pelo simples facto de que eu vi a minha irmã a concluir mais uma etapa da vida dela e não podia estar mais orgulhosa disso. Eu sou mesmo uma irmã babada, nós temos uma relação mesmo muito próxima e foi, de certa forma, comovente vê-la a concretizar mais um sonho, a cumprir mais um objetivo e eu só espero que daqui para a frente ela seja sempre feliz e que tenha a maior sorte do mundo.

 

➳ Música: Clairo, Tyler the Creator, Capitão Fausto, Tame Impala e muito mais...

Como vocês sabem, eu amo assim do fundo do meu coração bandas de indie/rock e não as troco por nada, no entanto, ao longo destes últimos meses tenho tentado ouvir e conhecer novas coisas e foi aí que encontrei indie pop (penso que é este o nome, mas se estiver em erro avisem-me ahahah). Artistas como Clairo, Rex Orange County, Frank Ocean, Tyler the Creator têm completado cada vez mais a minha playlist e eu estou in love com o trabalho deles. No que toca a música portuguesa, bem...nunca fui grande fã, não é verdade? Mas os Capitão Fausto conseguiram conquistar-me e posso dizer-vos que é realmente uma banda incrível, com músicas fantásticas e que merece todo o reconhecimento. Deste modo, vou deixar aqui em baixo as minhas músicas favoritas de todos os artistas que referi acima :)

 

(uma música brasileira que me conquistou pela letra linda e simples <3)

 

➳ Blog: Destaques, Nova Personalização, Novos conteúdos

Não podia deixar de trazer o blog para os meus favoritos de Maio porque houve algumas coisas que mudaram e eu ainda não tinha dito oportunidade de falar disto convosco. Antes de começar, queria apenas salientar que foi um mês bastante no que toca a estatística, conseguimos também ter 1 destaque e isso fez-me muito feliz porque, como deu para reparar, eu não estava propriamente presente no blog. Assim, aproveito para vos agradecer por todo o carinho e por continuarem desse lado! E bem, como já devem ter reparado temos uma nova personalização. Desde as férias da Páscoa que eu estava a trabalhar nisto, mas nunca ficava perfeito, nunca ficava totalmente ao meu gosto e há cerca de 2/3 semanas atrás consegui finalmente juntar tudo e gostei bastante do resultado final, sobretudo por ser algo que eu nunca tinha feito antes. Posso também dizer-vos que as mudanças não ficaram por aqui, ainda quero fazer alterações na coluna lateral, na zona da foto de foto de perfil e também outras ideias que tenho em mente, por isso...ainda não vejam isto como concluído porque assim que eu tiver tudo mais organizado vou trabalhar nisto.

Por fim, queria também dizer-vos que estou à procura de novos conteúdos para o blog, quero explorar ideias novas para sair um bocadinho da minha zona de conforto e quero também melhorar o conteúdo que já tenho e torná-lo cada vez mais rico. Ultimamente, ando também a pensar em fazer alguns vídeos. No verão passado eu gravei um lookbook e gostei bastante do vosso feedback, assim como também me diverti imenso em filmar e editar o vídeo, desde aí que o bichinho ficou aqui e eu gostava muito de saber se seria algo que vocês gostariam ou não. Eu pensei em lookbooks e em alguns vlogs de viagem e passeios que dou aqui pelo Porto com os meus amigos, mas se tiverem mais sugestões digam-me nos comentários :)

 

E pronto, foi este o post! Espero muito que vocês tenham gostado e digam-me nos comentários o que é que vocês gostavam de ver pelo Youtube e, obviamente, quais foram os vossos favoritos de Maio eheh <3

PESQUISAR

A BLOGGER

SEND ME SOME LOVE

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

AESTHETIC

ARQUIVO

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D