Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The diary of a teenager

A girl should be two things: classy and fabulous

31
Ago19

#1 As séries da minha infância

Sofia

Aqui a je nasceu em 2002 e tem ainda os seus 16 aninhos, agora em Setembro (podem já começar a anotar na agenda) completo os 17 anos. Apesar de ter uma irmã que nasceu em 96, não acompanhei em concreto nenhuma série dos 90's, mas sempre vimos muitas séries juntas e a nossa infância, nesse aspeto, pode dizer-se que tem várias coisas em comum. Felizmente, assisti à melhor época da Disney e ainda hoje adoro aqueles filmes e algumas séries que via na altura. Sendo assim, para quebrar a saga de regresso às aulas aqui no blog, decidi fazer um post um quanto nostálgico e recordar convosco a altura em que a minha única preocupação era chegar a casa para não perder nenhum episódio. Sem mais demoras, vamos lá ver quais eram as minhas séries e filmes favoritos :)

 

Add a heading.png

 

➳ Winx 

Como eu adorava esta série, sem dúvida, a minha favorita. Na altura, lembro-me que colecionava todas as revistas, tinha uma mala e achava que também iria ter asas. A minha fada favorita era a Stella porque ela era loira e eu quando era mais pequena também era, portanto achava que era a gémea dela e a fada do sol. Amoroso, não é verdade? Há uns tempos liguei a televisão e enquanto estava a percorrer os canais reparei que estava a dar num canal de desenhos animados e fiquei mesmo triste por ver que elas estão tão diferentes e por perceber que as crianças de hoje em dia já não vão conhecer as mesmas Winx que eu conheci e que, na minha opinião, foram as melhores.

 

➳ O Mundo de Patty

Todos os sábados acordava cedo para ver esta série na SIC. Não me julguem, mas eu detestava a Patty porque a achava mesmo sonsa e também não gostava nada das músicas das populares. A minha personagem favorita era a Antónia e a minha música favorita é "As Divinas" e ainda hoje sei a letra (é impossível esquecer). Lembro-me perfeitamente que queria ter todas as roupas iguais às da Antónia e imitava a dança do videoclip da música. E vocês? Eram #teampopulares ou #teamdivinas?

 

➳ Feiticeiros dos Waverly Place

A verdadeira definição de saudades <333 Ainda hoje gosto de ver um episódio ou outro desta série porque era a melhor coisa de sempre. Sempre adorei o sarcasmo da Alex e a burrice do Max fazia-me rir imenso. O mais curioso é que anos mais tarde, acabei por adorar igualmente outros feiticeiros mas, desta vez, os meus queridos feiticeiros de Hogwarts. A coisa mais fofinha desta série foi e continua a ser o primeiro beijo da Alex com o Mason, sejamos realistas...meninas, todas nós sonhávamos com isso. Também me lembro que adorei ver o filme e um dos momentos mais tristes da minha infância foi quando a Alex ganhou o torneio dos feiticeiros e ficou sozinha, quem nunca?

 

➳ Hannah Montana

 Foi com esta série que comecei a aprender algum inglês, eu adorava as músicas e depois ia ouvir para o Youtuber e procurava a tradução, foi aí que comecei a perceber algumas palavras e desde aí nunca mais parei. O maior desafio da minha infância foi perceber se gostava mais do Jake ou do Jesse e foi mesmo triste quando ela tirou a peruca e cantou a Wherever I Go. Confesso que ainda hoje ouço algumas músicas porque, para além de serem nostálgicas, ainda as acho bonitas. 

 

"You get the best of both worlds 
Chill it out, take it slow 
Then you rock out the show "

 

Verdadeira definição de clássico, não acham?

 

➳ Morangos com açúcar

Toda a gente conhece esta série, independentemente da geração. A minha temporada favorita foi a terceira, do Tiago e da Matilde. Toda esta temporada foi incrível, desde do vírus no colégio da Barra (eu fiquei mesmo preocupada) até às pop stars que, pelo menos a mim, me faziam rir por serem tão ridículas. Adorei ver a Mimi com o Jota e ainda hoje shippo eheh <3 Acho que já dá para perceber que foi com os mca que começou a minha obsessão em shippar casais, digam-me que não sou a única!

 

E bem, por hoje vou ficar por aqui. Ainda tenho bastantes séries para vos falar, gostariam de ver uma parte 2? E agora contem-me, quais são as vossas séries favoritas de infância? Espero que tenham gostado e vejo-vos num próximo post, feliz sábado <3

30
Ago19

BTS | Dicas para o 10º ano

Sofia

Não é novidade nenhuma que o ensino secundário é mais exigente do que o ensino básico e isso é perfeitamente normal, uma vez que é neste ciclo que realizámos os exames nacionais que funcionam como provas de ingresso para a entrada na faculdade. Ora, isto juntando ao facto da maioria das pessoas retratarem o secundário como algo mesmo difícil, claramente, que ficámos um pouco apavoradas com o que nos espera. Este ano eu vou para o 12º ano e também tenho os meus receios, mas depois de 2 anos de secundário já me sinto muito mais confiante e à vontade do que quando fui para o 10º ano. A verdade é só uma, o 10º ano é um ano de surpresas e para vos ajudar nesta tarefa, vou deixar aqui algumas dicas que considero importantes para um bom ano escolar.

 

Turquoise Brush Strokes Beach Instagram Post.png

 

➳ Tenta ajustar os teus hábitos de estudo e método de estudo

Já vos contei algumas vezes que a minha adaptação no 10º ano foi difícil porque eu tive que ajustar a forma como eu estudava. Basicamente, até ao 9º ano eu fazia resumos a todas as disciplinas exceto a matemática e na altura era o suficiente para ter um 5 na pauta. Eu não estava habituada a exercitar a teoria e quando cheguei ao 10º ano senti muito isso, eu achava que para biologia e geologia bastava fazer resumos e estava enganada. Ao longo do 10º ano fui aperfeiçoando isto e fui percebendo qual era o método de estudo que funcionava melhor para cada disciplina. Sendo muito sincera, eu acho que isto é daquelas coisas que é impossível praticar antes da escola começar e só se consegue melhorar à medida que vamos entrando em contacto com as disciplinas e vamos crescendo. O maior truque que vos posso dar é mesmo treinar com exercícios de exame, estudem a teoria da forma que entenderem e depois aperfeiçoem isso ao longo do tempo, mas para exercitar essa mesma teoria façam exercícios de exame que podem encontrar no site do IAVE.

 

➳ Uma nota não te define

O 10º ano é, essencialmente, um ano de adaptação. Não digo que todo o ano seja assim, mas o 1º Período e inicio do 2º Período ainda são, de certa forma, uma novidade e existem coisas que vamos percebendo ao longo do tempo. Com isto, é normal que algumas notas não correspondam às nossas expectativas e no meu caso isso acabou por me afetar bastante, fazendo com que perdesse alguma confiança. Após 2 anos olho para trás e percebo que essas notas não definiram o meu percurso escolar e, muito menos, vão alguma vez definir a minha vida. São notas e daqui a uns 5 anos nenhum de nós se vai lembrar delas. Acreditem que sei o quão frustrante é não conseguir atingir as nossas metas, mas lembrem-se que há mais do que 1 oportunidade.

 

➳ Não ser bom aluno a uma disciplina não significa que estejas no curso errado

Sinto que ainda existe algum estigma social em relação a esta questão. É quase como se tivéssemos de ser bons a todas as disciplinas de igual forma para sermos bons alunos ou considerados inteligentes e isso está completamente errado. Já partilhei imensas vezes aqui no blog que sou péssima a matemática, eu e os números simplesmente não dá e eu não tenho qualquer tipo de problema em admitir isso. Foram inúmeras as vezes em que senti que as pessoas reprovavam isso e não percebiam como é que fui para ciências se não sou boa aluna a matemática e porque não gosto da disciplina. Isto para mim não faz qualquer tipo de sentido, é um curso que não está diretamente ligado a engenharia, é um curso que, felizmente, abrange um grande número de áreas e onde em algumas delas nem sequer é preciso matemática. Não gosto de matemática e não me dou com números, mas adoro biologia e química e não ia ser por 1 disciplina que iria deixar de fazer o curso. Com isto quero dizer-vos que se vocês gostam do que estão a fazer, continuem a lutar por isso e volto a repetir-me: um bom aluno não tem, necessariamente, de ser bom a todas as disciplinas e não é isso que o faz mais ou menos inteligente. Todos nós temos capacidades diferentes e não entendo como é que existem pessoas que gostam de inferiorizar os outros simplesmente porque têm dificuldades a uma disciplina. Mais uma vez, não é uma nota que nos define e desde que sejamos bons naquilo que gostámos isso é realmente o que interessa. No meu caso, eu sou boa a biologia e esse conteúdo é, de facto, importante para mim, uma vez que pretendo seguir um curso na área da saúde e porque gosto da disciplina em si. Portanto, não se deixem ficar desmotivados por não terem tão boas notas a 1/2 disciplinas, continuem a tentar e nunca desistam do que gostam.

 

➳ Não compliques o que é simples

Toda a gente sabe que o secundário é exigente e é preciso muito esforço. Ao contrário do ensino básico não basta estudar na véspera dos testes e conseguir uma grande nota, no secundário é essencial haver consistência e estudar regularmente porque a matéria é bastante e é dada num curto intervalo de tempo. E bem, uma coisa que fui percebendo ao longo destes últimos 2 anos é que, sem dúvida, o secundário não é uma brincadeira e o esforço é uma das palavras chave para conseguirmos as notas que precisamos para o curso que desejamos. Para além de esforço é preciso saber relativizar um pouco as coisas, na minha opinião. Ou seja, sinto que tendemos a complicar demasiado as coisas e olhar logo para esta nova fase como um bicho de sete cabeças e a verdade é que não é assim tão difícil quanto isso. O grau de dificuldade nas disciplinas é gradual, a matéria é aprofundada ao longo do tempo e existem conteúdos mais fáceis e outros mais complexos onde, provavelmente, vocês vão sentir algumas dificuldades e ter algumas dúvidas. No que toca a pressão, é perfeitamente normal sentirem alguma, afinal já não estão no ensino básico onde as notas não são essenciais para a nossa entrada na faculdade. Penso que a altura mais complicada do secundário é mesmo a fase de exames, é uma fase stressante e é um ambiente completamente diferente dos exames finais de 9º ano, no entanto, o truque é manter a calma. Com isto tudo, onde quero chegar é que não devem complicar as coisas porque aí é que as coisas ficam difíceis, quando complicámos algo deixamos de ver as coisas como elas são e não devemos fazer isso, devemos tentar manter tudo simples e assim que as coisas se tornam complicadas o truque é pedir ajuda.

 

Penso que estes são os meus maiores conselhos para quem vai agora para o 10º ano. Estas dicas são, de certa forma, coisas que aprendi ao longo destes 2 anos e agora que olho para trás penso que poderia ter feito tudo de uma forma diferente. O ensino básico não nos prepara para o ensino secundário, até ao 9º ano andámos a brincar (sejamos honestos) e este choque inicial faz parte do processo, no entanto, não deve ser encarado como algo mau. Aliás, sinto que o secundário me fez crescer em bastantes aspetos e fez-me olhar para as coisas com outra perspetiva. Portanto, para quem está desse lado e vai iniciar agora esta jornada, desejo-vos a maior sorte do mundo e espero que se façam acompanhar de pensamentos positivo porque isso, sem dúvida, que nos dá outra motivação. Se tiverem alguma dúvida não hesitem em perguntar, podem deixar todas as vossas perguntas na caixa de comentários e eu vou responder a tudo :)

 

E para quem está interessado em saber um pouco dos conteúdos que são lecionados podem ver estas publicações mais antigas. Vou deixar também para outros anos escolares, os de 7º e 8º ano é provável que o programa tenha mudado, não sei bem como essas coisas funcionam. De qualquer das formas, espero que isto seja útil e vos deixe mais calmos. Btw, desculpem se têm de ler as coisas que a Sofia de 13 e 14 anos escreveu, mas eu naquela altura não fazia a menor ideia do que fazia.

 

Conteúdos lecionados no 7º ano

Conteúdos lecionados no 8º ano

Conteúdos lecionados no 9º ano

Conteúdos lecionados no 10º ano  (curso de ciências e tecnologias c/biologia)

Conteúdos lecionados no 11º ano  (curso de ciências e tecnologias c/biologia)

 

Espero que tenham gostado e vejo-vos num próximo post <3

29
Ago19

BTS | Dicas para a mudança de escola

Sofia

Secundário. Como estávamos tão bem na vida do ensino básico, não é verdade? Longe de todas as dúvidas e incertezas que o secundário nos traz. Há 2 anos atrás eu estava no vosso lugar e sentia algum medo porque todo um novo mundo estava à minha espera, ou seja, novas disciplinas e novos amigos. E bem, agora que vou para o 12º ano, penso que todos estes pensamentos foram desnecessários e percebo que a solução é mesmo manter a calma e deixar as coisas acontecerem. Assim, hoje vou partilhar todas as dicas que eu considero importantes para esta grande mudança do ensino básico para o ensino secundário, tentei reunir todas as coisas que fui aprendendo ao longo destes 2 anos e espero que, de alguma forma, vos sejam úteis e vos ajude a passar esta fase.

 

Dicas para a mudança de escola.png

 

➳ Pede a um amigo para visitar a escola contigo

Tal como referi anteriormente, no final do 9º ano também mudei de escola e tinha uma grande oferta de escolas, então decidi escolher a escola secundária que a minha irmã já tinha frequentado e que ficava a uns 15 minutos de casa. Como a minha irmã já conhecia os cantos à casa, fez-me uma visita guiada quando fomos ver as turmas, e isso deu-me imenso jeito para os primeiros dias de aulas porque nunca estive perdida. Se, eventualmente, conhecerem um amigo, primo ou irmão que já frequente a escola ou já tenha frequentado, aproveitem para lhes pedir para visitar a escola convosco para vocês nunca se sentirem perdidos. E acreditem em mim, essa sensação de que a escola é enorme desaparece assim que vocês começam a conhecer tudo, a única coisa que ainda sinto é que parece que vejo gente nova todos os dias na escola porque existem caras que nunca vi na vida ao longo destes 2 anos em que estudo lá, quem nunca?

 

➳ Tenta estar sempre em grupo

Caso não tenham a oportunidade de visitar a escola com ninguém, nos primeiros dias de aulas tentem estar sempre com um grupo de pessoas. Uma coisa que caracteriza as turmas de 10º ano é que há uma enorme diversidade de pessoas, alguns alunos estão a fazer melhoria e, portanto, também já conhecem bem a escola e podem ajudar-vos nos primeiros dias, outros alunos estão exatamente na mesma situação que vocês, ou seja, também estão um bocadinho perdidos e tudo isto contribui para criar alguma ligação. O que aconteceu na minha turma de 10º ano é que nos 2/3 primeiros dias de aulas não haviam grupos, andávamos pela escola todos juntos para conseguirmos chegar sempre à sala certa. Experimentem fazer isto com a vossa turma e se tiverem o azar de haver alguma separação, tentem pedir ajuda a alunos mais velhos, não há necessidade de sentirem qualquer tipo de embaraço por estarem perdidos. 

 

➳ Mantém a calma e sê fiel a ti mesmo/a

Durante toda a primária fui muito tímida e considerada bicho do mato porque não fazia muitos amigos e estava sempre no meu canto, isto acontecia porque eu não me identificava propriamente com ninguém. Azar o meu e fiquei com esta turma até ao meu 9º ano e a ideia deles sobre mim nunca mudou e, sinceramente, eu continuava a não encontrar nada que pudesse usar a meu favor para criar qualquer tipo de ligação. Quando mudei de escola fiquei mesmo feliz porque ia ter a oportunidade de conhecer novas pessoas, no entanto, era uma sensação agridoce porque eu também tinha bastante de medo que a história se voltasse a repetir e eu não conseguisse identificar-me com ninguém ao ponto de não fazer amizade. O meu truque para quem, como eu, for tímido e gostar de escolher bem as suas amizades é mesmo manter a calma e ter um olhar atento. No dia da apresentação tentem falar um bocadinho com toda a gente, afinal é mesmo esse o conceito de apresentação, não é verdade? Não se limitem a dizer o vosso nome, tentem partilhar alguns interesses, fazer alguma conversa relacionada com o curso e fazer algumas perguntas mais descontraídas, como perguntar qual é a série ou filme favorito. Acima de tudo, sejam fiéis a vocês mesmos, uma vez que  não precisam de mudar a vossa maneira de ser para fazer amizades.

 

➳ Sê o mais recetivo possível

Ainda no que toca a fazer amizades, tentem ser o mais corretos possíveis e tratem os outros da mesma forma que vocês gostariam de ser tratados. Só porque x está de cara trancada, não significa que seja má pessoa, só porque x publica imensas fotos no Instagram não significa que seja mega social e não precisa de mais amigos. Tentem não julgar as pessoas porque a verdade é só uma: as aparências, realmente, iludem. Claramente que depois vocês acabam por jogar com isto, na minha turma de 10º ano tentei ser o mais simpática possível com algumas pessoas e quando percebi que elas só eram simpáticas comigo porque queriam fotos dos trabalhos de casa e, na verdade, não gostavam de mim, comecei a colocar limites e a afastar-me. Onde eu quero chegar é que num primeiro instante sejam sempre simpáticos com o outro porque é grátis e se fossemos nós que estivéssemos desse lado também iríamos gostar de ser recebidos de braços abertos, não estou certa?

 

Espero que tenham gostado deste post e se tiverem alguma dúvida ou precisarem de algum conselho, não hesitem em perguntar. Beijinhos e vejo-vos num próximo post :)

28
Ago19

BTS | How I prepare for a new academic year

Sofia

Enquanto estudantes estamos constantemente expostos a situações de stress e o período de férias é o melhor para recarregar todas as energias. Confesso que desde do final dos exames que me estava a sentir exausta, felizmente, desde que vim do Algarve que me faço acompanhar de uma sensação de paz interior e pronta para enfrentar todos os desafios que me esperam. E bem, tal como já partilhei imensas vezes por aqui, um novo ano letivo funciona como um novo começo e devemos sentir-nos bem com isso, não devemos olhar para isso como algo negativo, aliás devemos olhar para isso como uma nova oportunidade de mostrar a nós mesmos aquilo de que somos capazes. Assim, hoje vou mostrar-vos como me preparo para um novo ano escolar, ou seja, os meus pequenos rituais antes da escola começar e que fazem com que me sinta muito mais confiante. 

 

BTS _ HOW DO I PREPARE FOR A NEW ACADEMIC YEAR.png

 

➳ Organizar o material do ano letivo anterior 

O meu nome do meio podia ser organização e desde do meu 8º ano que guardo todos os meus resumos, fichas e outros materiais de estudo numa capa de argolas, vocês nem imaginam o jeito que isto dá para estudar para os exames. Mas bem, organizar o material do ano letivo anterior, seja cadernos ou livros, é bastante útil e a nossa secretária fica logo pronta para as novas coisas. 

 

➳  Tornar o local de estudo em algo mais acolhedor

Não é novidade nenhuma de que um bom ambiente de estudo é definido por um boa luz natural e por ser num local calmo e longe de qualquer tipo de perturbações. Tendo em conta que passámos um grande período de tempo a estudar é importante também estar num lugar que seja acolhedor e que nos dê algum gosto em estar lá. Normalmente, tento decorar este cantinho usando algumas velas que, para mim, são essenciais para estudar e também utilizo outros elementos de decoração bastante simples. O meu objetivo não é ter a secretária cheia de coisas desnecessárias, é apenas torná-la num lugar mais bonito e que me transmita conforto.

 

➳  Procurar motivação

Todos queremos começar com o pé direito, não é verdade? Portanto tentem relaxar ao máximo. Ninguém quer começar o novo ano letivo com uma mente cansada e cheia de dúvidas, tentem manter a calma e procurar motivação. Aproveitem estas últimas semanas de férias para criar a vossa playlist de estudo, ver aquele filme inspirador que vos dá um boost na auto-estima (no meu caso, sem dúvida, que é Legalmente Loira) e procurar também algumas frases no Pinterest. A verdade é que não existe apenas cansaço físico, o cansaço psicológico é igualmente válido e criar estes pequenos rituais para vos ajudar a manter a calma é extremamente importante.

 

➳  Comprar material escolar

Já vos disse imensas vezes que ter um material escolar mega giro é a motivação final de que todos precisamos, dá logo vontade de usar e começar a estudar, não acham? Normalmente tento aproveitar algumas coisas do ano letivo anterior mas, obviamente, que no toca a cadernos e material de escrita não há volta a dar. Posso dizer-vos também que já fiz algumas compras, mas ainda não estão concluídas e assim que tiverem vou mostrar-vos tudo eheh :)

 

➳  Terapia das compras (shopaholic) e makeover 

Eu adoro moda e claramente que adoro fazer compras, é quase como uma terapia. Estou triste? Comprar roupa ajuda-me a ficar mais feliz. Comprar roupa ajuda-me em tudo e dá-me imensa confiança. Portanto, antes das aulas começarem eu gosto sempre de fazer umas comprinhas (ok não dá para enganar, 1 mês depois das aulas começarem já estou eu no shopping outra vez, oops) para arrasar nas primeiras semanas e também porque uma nova estação se aproxima e é importante ter alguns essenciais da nova coleção. Para além das compras, costumo cortar o cabelo e o ano passado aventurei-me, usava cabelo comprido aos anos e decidi mudar um pouco e cortei, pela primeira vez em muito tempo, o cabelo pelos ombros e posso dizer-vos que adorei. Desde aí que corto sempre o cabelo por esse comprimento e agora comecei a gostar do meu cabelo natural e deixei de o alisar, coisa que fazia imensas vezes no ano passado. Um novo corte de cabelo faz uma diferença enorme e entra na vibe do novo começo. Também aproveito para tratar da minha skincare para ter aquele glow natural de que todas nós gostámos, não é verdade?

 

E bem, são estes os meus pequenos rituais e que fazem toda a diferença para me deixarem mais do que preparada para um novo ano letivo. E vocês? Quais são os vossos segredos para se prepararem para o regresso às aulas? Quero saber de tudooo <3

27
Ago19

BTS| A minha wishlist 2019

Sofia

Uma das coisas que sempre me entusiasmou no que toca ao inicio do novo ano letivo é a compra do material escolar. Tendo em conta que estou no secundário, a lista de material escolar é bastante simples mas como eu sou completamente maluca por material escolar gosto de comprar as coisas mais fofinhas de sempre para me motivar. É verdade, ter um material bonito é também fonte de inspiração, vamos ter muita mais vontade de trabalhar e isso é o que queremos, não é verdade? Bem, para além de material escolar, é nesta altura do ano que aproveito para comprar alguns produtos que entretanto foram acabando e como nos começámos a aproximar do outono eu gosto de comprar algumas roupas para arrasar na nova estação. Portanto, sem mais demoras, vou partilhar convosco a minha wishlist de 2019. 

 

➳ Agenda

Sou uma pessoa que adora organização e gosta de ter tudo planeado ao pormenor, no que toca ao blog sempre utilizei um caderno onde costumo anotar as minhas ideias e para as coisas relacionadas com a escola costumava usar um pequeno bloco de notas. O ano passado mudei isso e tive a oportunidade de usar uma agenda, posso dizer-vos que adorei a experiência e este ano tenciono continuar a usar. Estive bastante indecisa e procurei bastante, consegui encontrar uma agenda que realmente gostasse. Estas são da Stradivarius e eu adoro os pormenores em rose gold, acho que isso lhes dá um ar muito chique e classy (coisa que adoro). Ainda estou bastante indecisa entre estas duas, a primeira é mais simples e eu gosto disso, mas por outro lado... também acho piada à segunda, apesar de ter algum medo de me cansar mais facilmente dela. Sinceramente ainda não sei e ainda ando a pedir opiniões à minha irmã e à minha mãe, mas uma destas será.

 

1.jpg

(Agenda Stradivarius- 15,99€ | Agenda Stradivarius- 15,99€)

 

➳ Marcadores pastel da Stabilo

Digam-me que não sou a única apaixonada por estes marcadores pastel! Já os uso desde do 10º ano e gosto muito mais do que os das cores normais, têm uma cor muito mais leve e além de deixarem os cadernos/resumos muito mais bonitos, deixam-me muito mais motivada a estudar. É o que eu digo, ter um material escolar bonito dá logo outra motivação, não acham?

 

6.jpg

(Marcadores Stabilo- 6,99€)

 

➳ Velas

Sim, velas. Eu amo velas e elas fazem com que o meu estudo seja tão mais relaxante. É uma das coisas que mais gosto no outono/inverno, adoro acender velas por toda a casa, sobretudo no meu quarto. Para mim, faz toda a diferença porque eu gosto de estudar num ambiente relaxante, onde me sinto calma, onde sinto aquele cheiro a frutos vermelhos (a minha fragrância favorita) e onde posso ver aquela pequena luz que transmite boas energias. É mesmo bom e este ano quero apostar nas velas da Yankee Candles, existe uma loja aqui no Porto e tenho de ir lá o mais rápido possível.

 

7.jpg

(Yankee Candles- 17€ )

 

➳ Relógio

Tenho alguns aqui por casa, mas já não fazem nada o meu estilo. Confesso que só comecei a gostar de relógios no inicio deste ano, comecei a reparar que davam um toque mesmo bonito a um look e deixavam-no mesmo classy e chic e, claro, vocês já sabem, eu adoro isso. Portanto, como adoro ter um look elegante e feminino, tenho andado à busca de relógios e fica já a dica para a minha irmã, caso ela esteja com problemas em decidir o que me dar no aniversário (*wink*).

 

3.jpg

(Relógio Parfois- 32,99€)

 

➳ Mom Jeans e Botins

Depois do meu primeiro par de mom jeans já não quero outra coisa. Comecei a perceber que também usar sempre o mesmo modelo de calças tira a graça toda, a maioria das minhas calças eram skinny jeans e estou um bocado cansada, para ser sincera. Quero começar a apostar em mom jeans e alguns modelos muito giros que também vi no site da Zara. Para além de jeans, preciso de novos botins urgentemente. Eu sou apaixonada por botins e assim que o outono começa, eles voltam aos meus pés. Tenho vários e a maioria ainda estão bons, mas o meu par favorito teve de ir para a reforma depois de tanto uso (sad af). Confesso que estou um pouco indecisa entre estes mega estilosos da Zara e que estiveram disponíveis na coleção passada e espero eu nesta nova coleção também ou uns mais simples, o mais provável é acabar por comprar os dois já que uso imenso disto.

 

2.jpg

(Mom Jeans Stradivarius- 25,99€  | Botins)

➳ Saia 

Eu adoro usar saias e vestidos no inverno, não há nada como um look com umas meias bem fofinhas, uns botins, uma camisola bem quentinha e uma saia linda. Eu A-D-O-R-O! Tenho bastante vestidos de outono/inverno mas, infelizmente, tenho apenas 2 saias para as estações mais frias portanto preciso de mais. Quando comecei a procurar fiquei interessada nas saias com xadrez (seguindo a moda do ícone Rachel Green), no entanto...mudei de ideias, vi esta no site da Pull&Bear e fiquei apaixonada, existe saia mais linda? Pois é, é tão linda que esgotou. Esgotou, amigas. Assim não pode ser. Vou deixá-la aqui na mesma mas não me roubem a saia, agora ela tem de ser minha.

 

5.jpg

(Saia Pull&Bear- 17,99€ | Saia via Pinterest)

 

➳ Casaco

Ainda não faço ideia de que tipo de casaco estou à procura, mas gosto de vários modelos. Por um lado gostava de ter um casaco de pêlo bem fofinho, mas ainda não sei. Existem tantos que se torna difícil escolher e como a coleção de outono/inverno ainda não está disponível, eu ainda nem sei o que me espera. Ainda não tenho propriamente pressa para comprar um casaco porque quero algo quentinho para usar daqui a uns meses por isso ainda vou fazendo as minhas típicas visitas às lojas para saber o que anda por lá (muito shopaholic? ainda não viram nada ahaha).

 

4.jpg

(Casacos via Pinterest)

 

E bem, é esta a minha wishlist para este novo ano letivo. Espero que tenham gostado do post e digam-me nos comentários quais vão ser as vossas próximas comprinhas <3

26
Ago19

BTS| Objetivos para o novo ano letivo

Sofia

Nova semana e inicio da saga de regresso às aulas. Apesar de ainda nos encontrarmos de férias, a verdade é que é inevitável não falar de que daqui a menos de 1 mês estaremos de volta à escola. E bem...vou ser sincera com vocês, este ano só entrei verdadeiramente de férias em finais de Julho devido aos exames e não me lembro de ficar tão exausta com um ano escolar, o 11º ano deixou-me comopletamente de rastos. Felizmente, consegui repor todas as minhas energias, sinto-me pronta para os novos desafios que me esperam e já não sinto aquele cansaço que me andava a perseguir. Associo um novo ano letivo a um novo começo, a verdade é que temos mais uma oportunidade para conseguirmos novos resultados e isso sempre me deixou bastante motivada. Este ano vai ser um ano diferente de todos os outros, vou para o 12º ano, o meu último ano no ensino obrigatório, um ano em que a maioria das pessoas retrata como o mais fácil do secundário, um ano de despedidas e o final de um ciclo. Daqui a precisamente 1 ano vou estar aqui a falar convosco sobre faculdade e muito ansiosa para saber se entrei no curso que pretendia. Sem mais demoras, vamos lá ao assunto, um novo ano e novos objetivos e para iniciar esta saga de back to school, vou partilhar convosco quais são as minhas resoluções para este ano letivo 2019/2020.

BTS _ MY GOALS.png

 

➳ Conseguir ultrapassar as minhas dificuldades a matemática

Este ano só vou ter 4 disciplinas, sendo que a disciplina que sempre me causou mais obstáculo e continua a causar é, sem dúvida, matemática. Detesto matemática e o 11º ano foi um ano terrível para mim no que toca a esta disciplina, desci as minhas notas e a partir do momento em que começou a envolver limites comecei a perder o fio à meada. Ora, tendo em conta que as outras disciplinas para mim são fáceis e não vou ter problemas com elas, quero tentar focar-me em matemática e tentar mudar a minha atitude face a esta disciplina. O que aconteceu no ano passado é que eu já estava tão desmotivada que me deixei dar por vencida, sobretudo no final do ano. Este ano vou ter exame a matemática e já sei que para mim vai ser um verdadeiro bicho de sete cabeças, por isso vou mesmo ter de tentar contornar isso. 

 

➳ Conseguir o meu melhor às restantes disciplinas

Tenho a plena consciência de que vou ter de dar tudo a matemática desde o inicio do ano, mas às outras disciplinas que tenho facilidade vou tirar ainda mais proveito delas. Como já disse anteriormente, vou ter muito mais tempo livre e, para além de matemática, as minhas restantes disciplinas são (em princípio) português, biologia e inglês/psicologia. Basicamente, a minha escola ainda não publicou as turmas e eu ainda não faço a mínima ideia que opcionais vou ter, em primeiro eu pus biologia/inglês e em segundo pus biologia/psicologia. De qualquer das formas, sei que seja com inglês ou psicologia vou estar bem servida e tenciono conseguir as melhores notas possíveis, visto que são disciplinas que sempre tive muita facilidade e quero usar isso a meu favor. 

 

➳ Tentar manter a calma

Eu sou uma pessoa bastante nervosa por natureza e o que me aconteceu no ano passado foi que deixei isso afetar-me, sobretudo no final do ano letivo. A pressão dos exames, o stress dos últimos testes deixaram-me esgotada e eu quero tentar mudar isso. Sinceramente, eu não sei bem como fazer isso porque é inevitável não ficar nervosa com testes ou com outros assuntos que me preocupam, mas vou tentar manter-me fiel a mim mesma. Posso ser nervosa, mas sou uma das pessoas mais positivas que vocês podem conhecer e acho que vai ser este o truque, tentar manter o pensamento como um protão...porque ele é positivo (desculpem pela piada química).

 

➳ Gerir o meu tempo de forma a ter tempo para mim

O horário que tive no 10º ano foi simplesmente péssimo, no 11º ano tive um horário muito melhor com 2 tardes livres e nos restantes dias as aulas terminavam às 16:45. Felizmente, consegui tirar proveito das tardes livres e o ano passado conseguia gerir o meu tempo de melhor forma e conseguia deitar-me mais cedo, coisa que não acontecia no 10º ano porque eu saía sempre da escola às 18:30 e com trabalhos de casa, estudar e ainda as minhas coisas pessoais, chegava a deitar-me em dias de aulas à 00:30/1:00 e isso deixava-me de rastos. Este ano ainda vai ser melhor do que no 11º ano, se tudo correr tenho todas as tardes livres e (espero eu) um dia livre. Por isso, quero tentar gerir o meu estudo de forma a conseguir ter uma tarde para mim e conseguir descansar. Isto acaba por ir de encontro ao tópico anterior, quero tentar ter este pequeno tempo para mim para conseguir relaxar e não ficar tão nervosa com testes e essas coisas todas. 

 

➳ Ter um estudo mais direcionado

Uma das coisas que tenho vindo a tentar aperfeiçoar ao longo dos anos e só dei conta da mudança quando estava a estudar para o exame de Física e Química A. Basicamente, eu dei conta que no 10º ano estudava as coisas de uma forma tão errada e certas matérias que na altura não percebi tão bem, acabei por conseguir perceber quando estava a estudar isso pela segunda vez para o exame. Isto é perfeitamente normal e a minha irmã está sempre a dizer-me isto, simplesmente eu nunca tinha dado conta. O meu maior erro é ainda não conseguir ser 100% direcionada e às vezes acabo por estudar certos assuntos de forma superficial quando deviam ser melhor aprofundados. Também percebi que, muitas vezes, apenas estudo certas coisas de forma superficial porque limito-me a ler o livro e às vezes é essencial fazer alguma pesquisa e não esperar sentada pela resposta. É nisto que quero melhorar e já melhorei bastante. Portanto, para este 12º ano espero conseguir direcionar mais o meu estudo e fazer mais pesquisa para conseguir chegar mesmo ao ponto central da questão.

 

➳ Manter a típica organização à la Sofia

Quem me conhece sabe que eu sou extremamente organizada em tudo aquilo que me rodeia, organizo livros pela altura e se vos contasse mais manias...provavelmente vocês iriam achar-me maluca. Sendo assim, para este ano letivo quero manter a minha organização, faço-me sempre acompanhar de uma agenda para apontar todas as datas de testes e fazer a minha to-do list. Isto é aquilo que eu gosto de chamar organizar à la Sofia, ter tudo planeado para não haver falhas e para me deixar extremamente calma e com as ideias em ordem. 

 

E são estes os meus grandes objetivos para o ano letivo que aí se aproxima. E vocês desse lado? Quais são as vossas resoluções? Digam-me tudo nos comentários :)

25
Ago19

#60 Frase da Semana

Sofia

Um pequeno daily reminder :) E bem, antes de ir gostaria apenas de vos pedir para enviarem-me as vossas suposições sobre mim, eu já tinha falado disto há uns dias e entretanto não recebi literalmente nada. Basicamente, a ideia é escreverem aquilo que acham sobre mim, sobre o blog, enfim...qualquer assunto que esteja relacionado comigo e depois, mais tarde, eu vou reagir a tudo e dizer se eu concordo com o que vocês estão a dizer ou não. Há uns meses, houve uma saga destes vídeos no Youtube e a ideia é exatamente a mesma. Gostava muito de contar convosco, portanto enviem-me as vossas suposições pela caixa de mensagens ou comentem neste post. Com isto, me retiro e desejo-vos um excelente domingo, assim como uma semana recheada de energias positivas.

23
Ago19

4 coisas que aprendi em 4 anos de blog

Sofia

A minha história como blogger é bastante engraçada e, para quem for novo por estes lados, posso fazer-vos um pequeno resumo. Então, toda esta aventura começou quando eu tinha 12 anos e em Janeiro de 2014 decidi criar o meu primeiro blog sobre uma série que adorava, foi aí que reuni uma quantidade considerável de leitores que, ao longo do tempo, foram tendo alguma curiosidade sobre a pessoa que escrevia todas as novidades sobre o elenco. Foi daí que veio a ideia de criar este cantinho, um ano depois em Março de 2015, e até hoje foi uma das melhores coisas que alguma vez eu poderia ter feito. Entretanto apaguei o meu outro blog e estou a trabalhar apenas com este desde 2016, se não estou em erro. Como podem ver, a blogosfera acompanha-me desde muito cedo, eu cresci aqui, eu vi o meu blog a crescer à medida que eu também ia crescendo e isso é, sem dúvida, uma das coisas que mais gosto. Assim, como vocês podem ver pelo título, eu hoje decidi olhar para trás e pensar nas 4 maiores coisas que aprendi ao longo destes últimos anos e espero que de alguma forma isto possa também servir de inspiração para quem está a começar agora. Por isso, sem mais demoras, vamos lá começar :)

4 coisas que aprendi em 4 anos de blog (1).png

1- Escrever o que me vai na alma

Quando comecei este blog eu tinha dezenas e dezenas de ideias, estava a começar e escrevia sobre tudo e mais alguma coisa. No entanto, as ideias começaram a desaparecer e eu escrevia coisas que ainda hoje tenho vergonha quando vou ler, mas é também uma dupla sensação. Eu fico um pouco embaraçada quando leio certas coisas que escrevi e também sinto alguma nostalgia porque eu era praticamente uma criança e era perfeitamente normal não ter muito rigor. Mas bem, isto tudo para vos dizer que o mais importante é mesmo escrever o que nos vai na alma porque se isso nos deixa felizes é o que realmente importa. Eu durante imenso tempo estive perdida a nível de conteúdo e acabei por encontrar algo que gostava, a moda e beleza. Tento focar-me nestes 2 temas, mas também gosto de explorar outros assuntos e já falei convosco imensas vezes sobre séries, leituras, viagens e outros temas de lifestyle. Não sintam a necessidade de rotular o vosso conteúdo, escrevam sobre aquilo que gostam e têm a necessidade de falar.

 

2- Ser mais recetiva a outras opiniões

Quando eu criei o meu blog fui alvo de algumas críticas, na altura o meu público era, maioritariamente, proveniente do meu primeiro blog e isso gerou alguma confusão. Tudo isso contribuiu para que ao longo dos anos eu soubesse aceitar críticas, sejam elas construtivas ou de teor depreciativo. Esta foi uma das coisas que aprendi e que uso no meu dia-a-dia, a verdade é que durante toda a nossa vida vamos conhecendo pessoas com pontos de vista diferentes do nosso, mas é suposto ser assim, só temos de ouvir e aceitar isso. Eu não vou mentir, sempre adorei expressar o meu ponto de vista e ainda hoje faço isso, no entanto, nunca tento impor a minha opinião e o blog contribuiu muito neste ponto. 

 

3- Tudo se consegue com muito esforço

Uma das coisas que mais me orgulho é, sem dúvida, este cantinho. É aqui que passo horas a escrever, editar e mesmo a trabalhar na imagem do blog e eu gosto disso, tenho imenso gosto em passar aqui um bom tempo a exercitar a minha criatividade. De certa forma, tornou-se um escape do meu dia-a-dia e eu sempre consegui conciliar isto com a minha vida pessoal, sobretudo com a escola. No verão costumo passar aqui grande parte do meu tempo a escrever para ter tudo pronto durante o ano letivo e não ter de me preocupar, isto deve-se ao facto de ser extremamente organizada e não conseguir deixar as coisas por fazer, portanto tenho de deixar conteúdo para vocês lerem enquanto que eu estou a estudar e assim não preciso de passar por aqui e consigo focar-me a 100% na escola. Sempre fiz isto e não me arrependo, dá-me imenso jeito e mostra-me que com esforço tudo se consegue. Mais uma vez, é uma lição que é transversal e se adequa também para o meu dia-a-dia, basta uma boa dose de esforço e muito amor e consigo alcançar aquilo que mais quero. É necessário também paciência, todo este esforço foi recompensado de alguma forma, seja com o carinho de todos os leitores ou mesmo com parcerias que fui fazendo. Por isso, em tudo o que fizerem tentem dar sempre o melhor de vocês, existem dias bons e maus, mas o que realmente importa é manterem-se fiéis a vocês mesmos e quando derem conta conseguiram concluir o vosso grande objetivo e vão olhar para trás com imensa gratidão.

 

4- O verdadeiro significado de: Everyone you meet is fighthing a battle you know nothing about.

Desde sempre que tive a capacidade de me colocar no lugar do outro e tratar as pessoas da mesma forma que eu gostaria de ser tratada, nunca gostei de julgar as pessoas porque a verdade é só uma, nós nunca sabemos o que essa pessoa está a passar. E eu tentei sempre aplicar esta filosofia aqui no blog e ao longo destes 4 anos passaram por aqui bastantes pessoas e algumas delas tornaram-se amigas da vida real e ainda tenho a sorte de manter a amizade. Penso que isto é uma das lições mais bonitas que podemos retirar do que quer que seja e é verdadeiramente para a vida mas, infelizmente, não é assim que a nossa sociedade funciona. Cada vez mais julgámos os outros, seja pelo que for e vocês não têm noção da quantidade de vezes em que ouço pessoas que conheço a julgarem as pessoas pelas suas escolhas, porque x quer y curso e está em ciências ou porque x tem y notas e está no curso errado. Eu acho isto tão fraco e só demonstra o quão pobres as pessoas podem ser de espírito, por isso...acho que todos nós devíamos tentar investir em colocar mais amor no mundo, tentar julgar menos e ser mais. É literalmente isto, julgar menos e ser mais. 

 

Confesso que quando comecei a escrever este post estava ainda de pé atrás e sem saber sobre o que queria escrever ao certo, bem...acho que deu para perceber que acabei por me inspirar e escrever (talvez) demasiado. Sinceramente, foi bastante bom fazer esta reflexão e tenho a certeza de que daqui a uns 4 anos, provavelmente, também vou olhar para determinadas coisas com um certo sentimento de vergonha e achar que podia ter feito outras coisas de forma diferente mas é assim mesmo, não é verdade? Estamos constantemente a aprender e ainda bem que assim o é. Espero que vocês tenham gostado deste post e aproveito para desafiar as bloggers desse lado a fazerem a mesma coisa, a refletirem sobre as coisas que aprenderam nestes anos. Vou dar uma pequena ajuda...desafio a CatarinaJust an ordinary girl e a Sofia. O desafio está, obviamente, aberto a toda a gente, por isso estejam à vontade :)

21
Ago19

#2 Uma semana no Algarve

Sofia

Há uns dias atrás partilhei convosco os meus primeiros dias de férias no Algarve e hoje venho terminar esta pequena saga de posts. Posso dizer-vos que foi extremamente bom e sinto que estou com todas as minhas energias renovadas e sinto-me em paz comigo mesma e com tudo aquilo que está à minha volta. Infelizmente, antes de ir tive um pequeno desgosto no que toca a amizades e essas coisas e desde que voltei que me sinto melhor do que nunca, sinto que todo aquele descanso e o facto de ter estado tão desligada das redes sociais e afins, me ajudou a recuperar e a sentir-me muito mais feliz com tudo. Mas bem, sem mais demoras, vamos lá começar.

 

5º Dia | Passeios por Olhos D' Água e mais mergulhos

Ora, nos últimos dias a água estava ótima e apetecia ficar lá o dia todo. Portanto, depois de todas as sessões de fotos já feitas, eu e a minha irmã aproveitámos imenso para nadar um pouco e comer também as famosas bolas de Berlim. Costumávamos ficar na praia até ao 12:30, os meus pais vinham mais cedo para casa e depois nós íamos sozinhas para ir almoçar. Neste dia à tarde fomos passear por Olhos D' Água, aproveitámos para comprar algumas souvenirs para a família e assim que terminámos voltámos para a praia. Mais uma vez, eu e a minha irmã desfrutámos da praia até ao sunset e eu adorava isso porque eu sempre gostei de ver o pôr do sol na praia.

 

BeFunky Collagee.jpg

 

6º Dia & 7º Dia | Mais praia, novos amigos e viagem de regresso

Quando penso no inicio da semana lá, só me consigo recordar do quão gelada estava a água e a partir daí começou a ficar mesmo agradável que ainda deixou mais pena deixar o Algarve. Por isso, como podem ver, os últimos dias de praia foram mesmo bons e eu não os trocava por nada. Além disso, nestes últimos 2 dias tive a oportunidade incrível de fazer 2 amigos de verão, jogámos às cartas e mantivemos amizade, espero para o ano poder vê-los outra vez. Sinceramente, acho que isto é uma das melhores coisas em ir de férias, o facto de podermos criar laços com outras pessoas. Enquanto estava lá assisti a uma das amizades mais bonitas de sempre entre um miúdo português e um miúdo britânico, não é que os miúdos estavam sempre juntos? Jogavam à bola, almoçavam juntos e o inglês estava sempre com a família do português que, só para verem, foram mesmo poucas as vezes em que vi a família do britânico. Adorei assistir a isto, vocês não têm noção e achei ainda mais amoroso o facto de eles terem os seus 11/12 anos e, pelo menos, o miúdo português fazer o esforço de tentar falar inglês com o amigo. Sem dúvida a prova de que não existem fronteiras entre as pessoas, não importa o quão distantes ou até se não falam a mesma língua, é sempre possível criar uma ligação, nem que seja só para rever de verão a verão.

 

BeFunky Collageod.jpg

 

E chegamos ao final deste mini série, gostei mesmo muito de partilhar todos estes momentos convosco porque fizeram-me rever todos estes bons momentos que vivi. Desejo-vos umas férias excelentes e vejo-vos num próximo post <3

 

Todas as fotos utilizadas foram tiradas por mim

19
Ago19

#1 Uma Semana no Algarve

Sofia

Durante vários anos que o nosso destino de férias de eleição aqui em casa foi o Algarve, mais propriamente, Albufeira. Durante cerca de 4/5 anos optámos sempre pela mesma zona, ou seja, Olhos D' Água e penso que só houve 1 ano em que fomos conhecer outros ares e ficámos na Praia da Oura, também em Albufeira. E bem, durante 6 anos andámos a conhecer o Gerês de uma ponta a outra, o ano passado fomos a S.Martinho do Porto e este ano decidimos que era altura de voltar ao Algarve, ao nosso cantinho em Olhos D' Água. Tendo em conta que já tinha partilhado por aqui que estava bem no sul do nosso país, hoje venho contar-vos um bocadinho dos meus dias por lá :)

 

 1º Dia | Viagem e o primeiro dia de praia

Como sabem, eu vivo no Porto e a viagem até ao Algarve ainda é relativamente longa. Portanto, saímos de casa às 5h e fizemos uma grande parte da viagem durante a noite. Às 8h já estávamos no Santuário de Fátima onde tomámos o pequeno-almoço e assim que terminámos voltámos à estrada. Chegámos ao Algarve por volta das 11:30h porque apanhámos alguma confusão mesmo à entrada de Albufeira. Assim que chegámos a casa, deixamos as coisas e fomos fazer algumas compras para a semana e posso dizer-vos que acho que nunca tinha visto tanta confusão num hipermercado, os ingleses e franceses estavam por todo o lado. Depois de tanta espera, foi hora de almoçar e por volta das 16:30 fomos para a praia. Ora, como já referi anteriormente, costumo ficar sempre na zona de Olhos D' Água, é uma praia pequenina sobretudo quando a maré está alta mas, para mim, é uma das praias mais bonitas de Portugal. Adoro tudo nesta zona, é extremamente acolhedora e sempre me fez sentir em casa. Para além disso, adoro as pessoas que estão na praia, como é uma praia pequena, dia após dia começa-se a conhecer algumas caras e são todas bastante simpáticas.  Neste dia não aproveitámos tudo na praia, mas deu para dar o primeiro mergulho do ano nestas águas calminhas do Algarve.

 

BeFunky Collage9.jpg

 

2º Dia | Anos da Avó e mais praia

É verdade, a minha avó veio ao Algarve e ficou com mais 1 aninho em cima. Acordámos bem cedo para aproveitar o dia desde do inicio e, por volta, das 9:30 já estávamos na praia. Neste dia, a água estava gelada e penso que foi o pior dia para fazer praia porque, mesmo a nível de temperatura, não estava muito calor e não puxava mesmo nada para ir para a água. Então, eu e a minha irmã aproveitámos para praticar os nossos dotes em desporto (obviamente, somos muito talentosas), jogámos raquetes e tentámos não acertar muito nas pessoas porque, digamos, a nossa pontaria não é propriamente a melhor. Foi um dia divertido e felizmente ao final da tarde a água já estava melhor e conseguimos aproveitar o dia ao máximo, saí da praia às 19:30 e como a praia só fica a uns 3/4 minutos a pé da casa, foi mesmo muito bom ficar lá até esta hora.

 

BeFunky Collage09.jpg

 

3º Dia | Muitas fotos e ir ao centro de Albufeira a pé

De todas as vezes que fomos ao Algarve apanhámos a maré baixa de manhã e a alta à tarde este ano foi precisamente o contrário. A maré estava a encher durante a manhã e começava a descer à tarde e como a praia de Olhos D' Água não é muito grande no que toca a areal, não dava mesmo para estar a jogar. Foi então quando eu e a minha irmã fomos para as nossas típicas sessões de fotos e aproveitámos, obviamente, para ir para a água que estava bastante agradável. No final de almoço, o meu pai teve a ideia incrível de ir andar a pé e mal sabíamos nós que nos ia fazer andar mais de 8km. Fomos de Olhos D' Água até ao centro de Albufeira, não é muito longe e fez-se bem, mas quando estavámos a voltar para casa já estava a morrer de calor e com dores nos pés. Tirando as dores e o cansaço, adorei estar no centro de Albufeira e, como vocês podem ver nas fotos, todos os bares são bastante característicos e a mim lembram-me imenso dos Estados Unidos. Neste dia já fomos para a praia um bocadinho tarde e eram 16:45 mas deu na mesma para aproveitar e nadar um pouco na água que, mais uma vez, estava quentinha.

 

BeFunky Collage98.jpg

 

4º Dia | Praia Maria Luísa 

Não sei se vocês estão recordados ou não, mas em Agosto de 2009 houve uma derrocada de uma arriba na Praia de Maria Luísa que, infelizmente, matou 5 pessoas. Nesse ano eu estava no Algarve e, por coincidência, foi no dia em que fui picada por um peixe aranha. Na altura, como estávamos mesmo na praia ao lado fomos ver e a praia estava cheia de polícia, jornalistas a fazer reportagens e muitos outros meios. 10 anos depois a minha mãe quis ir lá para ver como a praia ficou depois da derrocada, na altura, tinha uma grande pedra no meio da areia devido ao desmoronamento e então fomos fazer uma pequena visita à praia. Relativamente a Olhos D' Água, sem dúvida, que é uma praia maior e com uma oferta enorme para desportos radicais na água e eu achei isso mesmo muito giro, no entanto...nada consegue bater a praia a que estou habituada. Tal como já referi, acho aquele cantinho tão acolhedor e tão bonito que não consigo render-me a outra praia lá no Algarve. Tenho tantas memórias naquela praia que se tornou num lugar nostálgico, estar lá é extremamente relaxante e é um dos grandes motivos para eu gostar tanto de Olhos D' Água.

 

BeFunky Collage09876.jpg

Praia Maria Luísa & Praia de Olhos D' Água

 

E bem, estes foram os meus primeiros 4 dias no Algarve. Amanhã vou contar-vos mais sobre os restantes, espero que tenham gostado :)

 

Todas as fotos utilizadas neste post foram tiradas por mim 

Pág. 1/3

PESQUISAR

A BLOGGER

SEND ME SOME LOVE

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

AESTHETIC

ARQUIVO

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D