Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The diary of a teenager

A girl should be two things: classy and fabulous

30
Abr20

A minha playlist *good vibes only*

Sofia

Olá :) Entre aulas online e trabalhos para entregar, hoje decidi trazer-vos um post muito especial. Como já perceberam pelo título, vou partilhar convosco algumas músicas da minha playlist para vos dar a conhecer um bocadinho mais daquilo que tenho ouvido nestas últimas semanas. Confesso que o meu gosto musical é a coisa mais à toa de sempre e ouço um pouco de tudo (literally), sendo que com a quarentena, tenho aproveitado para ter uma dose diária de nostalgia e ouvir aqueles clássicos de 2000 ou relembrar algumas músicas da Disney porque serão sempre aquelas músicas que podem passar anos e anos, e eu vou sempre saber a letra de cor. Sem mais demoras, vamos lá!

 

A minha playlist.png

 

Vou começar com a música que mais tenho ouvido ao longo deste mês. O Russ kinda que é uma novidade para mim, porque há 1 ano atrás (i think) ouvi 2/3 músicas dele e não gostei muito, o mais certo é ter escolhido mal e não ter ouvido as músicas dele que realmente valem a pena. Descobri esta música no vídeo da playlist da Maria Rodrigues, não tinha qualquer tipo de expectativa e adorei quando ela passou esta música. Acho que tem grande vibe e lembra-me imenso as noites de verão. 

 

 

Já vos trouxe aqui ao blog várias vezes o Rex e só vos posso dizer que o adoro <3 Acho que ele merece muito mais reconhecimento, porque as músicas dele são incríveis. Eu tentei escolher apenas uma música, mas foi mais forte do que eu e, por isso, vou deixar aqui as minhas 3 músicas favoritas deste último álbum. Duas delas são mesmo divertidas (preparem-se para dançar e cantar) e a última é um pouco mais calma, para aqueles dias em que só queremos um pouco de paz, sabem?

 

(i know, i know, é incrível)

 

Sabem quando vocês conhecem uma música e umas semanas mais tarde torna-se mesmo batida e toda a gente começa a ouvir? Isso aconteceu-me com esta música, eu descobri através daquela playlist que o Spotify faz para vocês, com base no que ouvem, e adorei completamente. Acho uma música mesmo fofinha e adoro, mas ao mesmo tempo sinto que anda imensa gente a ouvir e tenho medo que se torne demasiado overrated, estão a ver? Não é que isso seja necessariamente mau, só que depois espero que não se torne daquelas músicas que de tanto ouvir, seja na rádio ou no Instagram, simplesmente deixe de gostar. Anyway, recomendo muito porque, a sério, é mesmo fofa (acho que é o único adjetivo que encontro para descrever esta música).

 

 

Agora trago-vos (talvez) a minha música favorita do momento. Ouvi pela primeira vez num vídeo da Sofia Oliveira e lembro-me que me passou um pouco ao lado, há uns dias atrás estava a ouvir algumas músicas da playlist dela para adicionar algumas à minha e acabei por ouvir esta e adorei. É provavelmente das músicas mais felizes/good vibes que conheço, lembra-me imenso do verão e sinto que facilmente podia fazer parte da banda sonora de um filme.

 

 

Mais uma vez, conheci esta música mesmo à toa no Spotify e ainda fiquei um pouco reticente, mas lá acabei por adicionar à minha playlist. Nunca ouvi falar nos Beach Bunny e entretanto ainda não ouvi mais nenhuma música deles e é algo que tenho mesmo de fazer, porque adorei esta. Acho que fica mesmo no ouvido, é divertida e deixa-me mesmo descontraída, por isso espero num próximo post ter algumas novidades relativamente a esta banda para vos mostrar.

 

 

Acho que nunca disse por aqui que adoro a Ariana Grande, ela é tão queen que é impossível não gostar dela. Descobri esta música através do aleatório do Spotify (se vocês tivessem noção da quantidade de masterpieces que já conheci através do shuffle) e adicionei logo à minha playlist de #girlpower porque está tão incrível e poderosa.  Adorei completamente <3

 

 

Tal como já vos disse em Janeiro, o meu estilo musical mudou um pouco e decidi apostar em músicas completamente diferentes daquilo que costumava ouvir. Drake e Partynextdoor entraram na minha playlist e tenho adorado, apesar de ainda só ter ouvido umas 2/3 músicas para além destas. Relativamente à terceira música, acho que a colaboração com a Rihanna foi de génio e ficou muito fixe. Portanto, recomendo mesmo muito e espero que gostem tanto quanto eu.

 

 

E obviamente que não podia faltar Surfaces neste post :) Transmitem uma vibe tão boa, só me consigo lembrar da praia e do verão (god, tenho tantas saudades) e, com esta situação, acho que é tão importante ouvir músicas que nos façam bem e nos levem de volta aos lugares que mais gostámos. Podia deixar aqui n músicas deles que adoro, mas decidi escolher esta porque, para além de ser a que tenho ouvido mais nos últimos dias, também gosto muito da letra.

 

 

Vou passar para a minha dose diária de nostalgia (uma parte dela, vá)  e deixar-vos aqui as músicas que me deixam a cantar até ficar cansada. São mesmo daquelas músicas que não importa a idade que vocês tenham, quantos anos passaram, vocês vão sempre gostar e trazem consigo sempre tantas boas memórias que é impossível não gostar. A primeira música não me traz propriamente nostalgia, porque só há dias é que vi o Coyote Ugly (depois faço review), mas já costumava ouvir esta música quando era mais nova, então kinda que foi reviver e adicionar de novo à minha playlist.

 

 

E para terminar, vou deixar aqui as minhas latinadas. São tão divertidas que conseguem deixar-vos mesmo num bom mood e as letras têm 0 sentido (a maioria), só que o próprio ritmo consegue fazer-vos dançar e às vezes é bom ter destes momentos, em que simplesmente queremos algo mega fun para ouvir e esquecer tudo. Para além disto, transmitem  summer vibes e eu adoro o verão, é a minha estação do ano favorita e acho que isso já diz tudo. 

 

 

E pronto, hoje não vos dou mais spam de músicas :p Espero que tenham gostado e digam aí em baixo nos comentários que músicas é que têm ouvido nestas últimas semanas <3

27
Abr20

Como manter o pensamento positivo durante a quarentena

Sofia

Hi guys :) Todos sabemos que estamos a viver neste momento uma situação complicada, em que muitos de nós acabam por se sentir sozinhos, mais vulneráveis, com alguma ansiedade e é perfeitamente normal, uma vez que todas as nossas rotinas foram quebradas e parece que tudo isto não tem fim. No entanto, acho que todos temos de zelar pela nossa saúde mental e tentar manter um pensamento positivo face às circunstâncias atuais. Eu sinto que consigo retirar sempre algo de bom de determinada situação e considero-me bastante positiva, mas como toda a gente também tenho os meus dias maus, em que me sinto menos inspirada, em que simplesmente me apetece estar a ver uma série e não fazer mais nada. E penso que, de certa forma, durante esta quarentena todos nós nos sentimos assim a dada altura, portanto achei que seria interessante partilhar convosco algumas dicas que considero essenciais e que me ajudam a relativizar os meus problemas.

 

BeFunky Collage.jpg

 

➳ Ouvir música

Para mim a música, seja em que altura do ano, funciona como uma terapia e a minha música favorita consegue mudar completamente o meu mood. Portanto, aproveitem para ouvir a vossa música favorita, aquela música que vos faz cantar e dançar, façam um pequeno throwback à vossa infância e ouçam aquela música que vocês sabem a letra toda e vos dá aquela sensação de nostalgia. E claro, aproveitem para fazer algumas descobertas musicais e adicionar umas quantas músicas à vossa playlist (em breve, ajudo-vos nesta parte eheh).

 

➳ Aventuras na cozinha

Vá, não vale a pena usar a desculpa de que são um desastre na cozinha :p Eu não sou nenhuma masterchef e consegui fazer pão (confesso que ainda estou bastante orgulhosa do resultado final), portanto aproveitem para se aventurarem na cozinha e fazer algo diferente. Honestamente, acho que além de nos entreter, acaba por afastar os nossos pensamentos negativos e aquela felicidade de verem o vosso bolinho pronto vai fazer-vos o dia.

 

 Fazer chamada com amigos e família

Se vocês têm saudades dos vossos amigos, avós, etc...liguem, façam vídeo-chamadas e aproveitem para falar com eles, para lhes perguntarem se estão bem, como se têm sentido e muito mais. Podem experimentar fazer um jogo através de vídeo-chamada, até dar uma festa (why not?), existem inúmeras opções e tenho a certeza que passar algum tempo com as pessoas que mais gostam, mesmo recorrendo à tecnologia, vai ajudar-vos e mata as saudades <3

 

➳ Escrever/ começar um bullet journal

Penso que isto é uma boa forma de organizar os nossos pensamentos e acho que nos consegue trazer alguma paz interior. Por exemplo, experimentem escrever aquilo que estão a sentir neste momento para sair aquele peso de consciência, experimentem olhar para a vossa vida e agradecer por tudo aquilo que têm (saúde, uma família que vos adora e apoia, etc...), façam uma lista dos vossos objetivos, a vossa to-do list, enfim...tudo aquilo que faz sentido para vocês.

 

➳ Ouvir um podcast

Uma das coisas que coloquei em prática nesta quarentena foi experimentar um podcast e posso dizer-vos que estou a gostar bastante. Comecei a ouvir o do Jay Shetty, que me inspira imenso, aborda temas bastante interessantes, traz várias personalidades que tiveram um percurso bastante característico e consegue ter a capacidade de vos motivar a alcançar aquilo que você desejam. O outro podcast que comecei a ouvir é bem mais leve, chama-se Teenager Therapy e basicamente é um grupo de adolescentes que aborda temas como amizades tóxicas, pressão na escola e muito mais. Eu sempre fui bastante reticente no que toca a podcasts, mas tenho gostado bastante e recomendo, se vocês estiveram a passar por uma fase em que se sentem mais perdidos ou que estejam a precisar de algum "conselho" acho que é ideal e pode ajudar-vos muito.

 

➳ Fazer caminhadas

Para o bem da vossa saúde mental, saiam um bocadinho de casa e aproveitem para caminhar, fazer exercício físico, passear o vosso cão, whatever. Não tem mal nenhum, desde que cumpram todas as medidas, façam este passeio junto à vossa casa, apliquem o distanciamento social, lavem bem as mãos quando chegarem a casa e tudo aquilo que vocês ouvem através da comunicação social.

 

➳ Apanhar sol e fazer exercício físico

Seja na vossa varanda ou no vosso jardim, aproveitem para morenar e apanhar alguma vitamina D. Desta forma também conseguem apanhar um bocadinho de ar e relaxar um pouco, por isso coloquem uma música, fechem os olhos e fiquem a apanhar um solinho muito bom. Aproveitem também para fazer algum exercício físico, gastar energia para não pensar nas coisas negativas e para se sentirem bem. E relativamente a esta questão do exercício físico, acho que é importante relembrar que vocês não precisam de treinar só porque toda a gente coloca vídeos no Instagram a fazer isso, há dias em que simplesmente não nos apetece e é normal, não há que ficar com sentimento de culpa porque não temos de fazer aquilo que toda a gente faz. Para além disso, tentem aplicar este mindset: fazer exercício porque gostámos do nosso corpo e queremos melhorar, queremos sentir-nos bem e dar alguma paz à nossa mente.

 

Para terminar quero apenas dizer que toda esta situação não é necessariamente má, no sentido em que temos tempo para nos focar em nós. Sinto que desde que a quarentena começou, consegui pensar em tudo aquilo que fiz ao longo dos últimos meses, tenho feito uma certa introspeção, percebi que algumas pessoas na minha vida eram tóxicas e afastei-me delas, confesso que no inicio me senti um pouco perdida, e tenho vindo a reencontrar-me e a perceber aquilo que é melhor para mim, tenho tentado melhorar alguns dos meus defeitos e, sem dúvida, que me está a fazer muito bem. Sinto-me mais calma, mais madura e feliz, portanto, aproveitem para tratar de vocês porque merecem isso <3 Foi este o post e eu espero muito que tenham gostado e apliquem algumas destas ideias no vosso dia-a-dia, vejo-vos num próximo post :)

20
Abr20

TAG: Personagem preferida

Sofia

Olá! Entre algumas aulas online e trabalhos para entregar, decidi passar por aqui para me distrair um pouco e atualizar um bocadinho o conteúdo, já que estou bastante inspirada. Portanto, hoje trago-vos uma tag, para a qual fui nomeada pela Just an Ordinary Girl, e que consiste em escolher uma personagem de um filme/série de que eu gosto e admiro, e dar-vos a conhecer um bocadinho mais sobre ela. Confesso que estou bastante indecisa, so wish me luck :)

 

Favoritos de maio.png

1. Personagem Favorita: Thomas Shelby

 

2. Livro/série/filme em que aparece: Peaky Blinders

 

3. Características que o definem:

Sem dúvida, a inteligência. Eu ainda não falei desta série por aqui,  porque comecei a ver quando a quarentena começou e ainda não terminei, mas basicamente retrata um grupo de gangsters no inicio do século XX e o Tommy é o líder. Ele é uma personagem extremamente interessante, é literalmente grande boss e eu estou a adorar completamente <3

 

4.Característica que mais gostas nele?

Além da inteligência dele, que já deu para perceber que é o que mais se destaca nele, adoro a forma como se mantém calmo em qualquer tipo de situação. 

 

5. Quando é que percebeste que era o tua personagem preferida (uma cena marcante...)?

No primeiro episódio conseguiu captar logo toda a minha atenção, portanto penso que desde daí que desenvolvi um certo carinho pela personagem. Aproveito para dizer que a escolha do ator foi incrível, sem dúvida, que o Cillian Murphy fez um trabalho extraordinário a dar vida ao Tommy.

 

6. A foto preferida dela/dele 

 

7. A tua cena preferida onde aparece a/o personagem

Até ao momento (estou agora na 2ª temporada) a minha cena favorita é quando ele está com a Grace e pede para ela lhe cantar uma música. Ela pergunta-lhe se quer uma música feliz ou triste e ele diz que quer uma música triste, é aqui que ela o avisa de que lhe vai partir o coração. E qual poderia ser a resposta do Tommy? "Already Broken".  Uma cena mesmo simples, mas conseguimos ver um novo lado da personalidade dele e representa muito bem a química entre estes dois.

 

8. A cena em que aparece que tu menos gostaste

Hmmm...boa pergunta! O Tommy é uma personagem que, para além de inteligente, é bastante fria e racional, portanto mesmo nas cenas em que ele parece mais distante, não há como não gostar dele porque faz parte da sua personalidade. Mas bem, tendo em conta que ainda só vou a meio da segunda temporada, penso que a cena que até agora não gostei de ver foi quando ele matou um cavalo de corrida. De seguida, foi quando ele foi para o bar para estar com a Grace e disse que não gostava de matar animais, sobretudo cavalos, ainda assim foi uma cena que me custou a ver e é dos momentos que menos apreciei na série toda.

 

9.  Qual a relação dele/dela com outros personagens?

Ele é muito respeitado, aliás toda a família dele é. Como eu já expliquei, eles são gangsters e vestem-se de uma maneira bastante própria, por isso quando entram em algum pub já toda a gente sabe que estão ali os peaky blinders e tratam-nos com imenso cuidado.

 

10. Com quem gostas de ver a tua personagem (ship/OTP)

Adoro vê-lo com a Grace, sinto que ele é realmente feliz ao lado dela e encontrou nela o seu lar. Portanto, apesar de todas as dificuldades, I STAN! 

 

11. Frase preferida do personagem

 

E chegamos ao final de mais um post. Para esta tag vou nomear a Bii Yue, a Beatriz, a Mariana e toda a gente que o quiser fazer :) Espero que tenham gostado e vejo-vos num próximo post!

01
Abr20

Mensagens que recebi

Sofia

Olá :) Hoje trago um post um bocadinho diferente do habitual, é uma espécie de Q&A porque vou responder a algumas perguntas que me têm enviado através da caixa de mensagens, mas ao mesmo tempo é diferente de um Q&A, uma vez que tenho também algumas mensagens que não são propriamente perguntas. Anyway, decidi fazer este post para responder a tudo, algumas das mensagens já têm uns 2 meses, foi numa altura em que estava mesmo ocupada e não estava muito presente por aqui (sorry guys <3). Por isso, vamos lá começar!!

 

Tan and Grey Minimalism DIY Influencer Instagram P

 

-Olá, Sofia! Descobri o teu blog à pouco tempo à cerca de 3 meses, mas ficas a saber que gosto imenso! Não consigo estar a acompanhar todas as semanas, mas venho todos os meses ao teu blog ler todos os teus posts relativos a esse mês. Gostei da nova personalização está muito mais relaxante, foi uma ótima escolha! E também já adicionei umas músicas novas à minha playlist graças a ti! Decidi enviar-te uma mensagem para saberes que gosto muito do teu blog, escreves super bem e crias uma relação muito próxima com as pessoas que estão a ler os teus posts. Espero que continues com este projeto e desejo-te o maior sucesso :)

 

R: Bem, desde já queria agradecer imenso por esta mensagem tão querida <3 Honestamente, nem sempre me sinto motivada para estar por aqui e durante este últimos meses ponderei bastante sobre tudo. Sendo que percebi, que mesmo numa fase mais ocupada e que não publique tanto, há sempre alguém que valoriza o meu trabalho e isso motiva-me a continuar a escrever. Além disso, também fico muito feliz por vocês adicionarem as minhas sugestões musicais às vossas playlists, adoro falar sobre música e partilhar convosco :) Muito obrigada e beijinhos <3

 

-Olá Sofia, Eu precisava da tua opinião. Eu há uns tempos tive um blog mas acabei por desistir. Sempre adorei a parte de comunicar com as outras pessoas, mostrar um pouco a minha vida e até pensei criar um canal de youtube..no entanto, sei que o canal ainda mais difícil seria. Só que o problema é que tenho muito receio de não voltar a alcançar o que pretendo ou desistir. Eu tenho noção que teria mais cuidado a nível de conteúdo, sei perfeitamente que já não sou a mesma pessoa e decidi vir-te pedir ajuda porque és uma blogger que já acompanho há alguns anos e que tem mais experiência. Por isso, qual é a tua opinião? Um grande beijinho!

 

R: Olá! Posso dizer-te que estou numa situação muito semelhante. Desde que criei o meu blog que sempre quis criar um canal do Youtube e tentar conciliar as duas coisas porque, tal como tu, sempre gostei de comunicar com as pessoas e criar conteúdos. Nunca criei, em parte porque sempre tive alguma vergonha e, por outro lado, pela falta de tempo. Portanto, se tu quiseres mesmo criar um canal de Youtube, why not? Existem sempre várias hipóteses, se não tiveres disponibilidade para criar um canal, podes publicar quando tiveres tempo para tal e com conteúdo bom. Tal como nos blogs, às vezes muita quantidade não significa qualidade e, mesmo com poucos vídeos, podes ganhar alguns subscritores pelo bom conteúdo. Outra hipótese é dedicares-te a esse projeto, acredito que quando fazemos algo que gostámos, temos sempre gosto em fazer as coisas e arranjámos sempre tempo para isso. Finalmente, também tens a opção de criar um blog e, se tiveres o bichinho do youtube, podes sempre publicar de vez em quando uns vídeos. Enfim...isto tudo para te dizer que nunca deixes de fazer aquilo que gostas por falta de tempo, vergonha ou whatever, se tiveres o bichinho, go for it :)

 

E para terminar, tenho uma divulgação a fazer que até vem em muito boa altura, devido a esta situação da quarentena e do ensino à distância. Uma leitora criou um canal de Youtube em que partilha a resolução dos exames de FQ e eu achei esta ideia muito boa e gostava de ter tido conhecimento deste projeto quando fiz o meu exame no ano passado. Já estive a ver alguns vídeos e estão muito bons, a explicação é muito clara e ajuda imenso a perceber todas as etapas que têm de fazer em cada exercício. Se precisarem de um apoio extra para o exame de FQ recomendo imenso este canal, portanto subscrevam e passem por lá :)

 

Capturar.PNG

 

E foi este o post :) Espero que tenham gostado e, se tiverem mais perguntas ou precisarem que divulgue alguma coisa, podem sempre mandar mensagem e, assim que eu puder, respondo a tudo. Beijinhos e espero que se encontrem todos bem desse lado <3

PESQUISAR

A BLOGGER

SEND ME SOME LOVE

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

// AESTHETIC //

ARQUIVO

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D