Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The diary of a teenager

A girl should be two things: classy and fabulous

22
Mai20

Regressar às aulas, faculdade & other stuff

Sofia

Olá :) Hoje decidi, finalmente, sentar-me à frente do computador e partilhar convosco um bocadinho da minha realidade ao longo destes últimos meses. A verdade é que o blog sempre teve um papel bastante importante na minha vida e partilhei todo o meu percurso, seja enquanto estudante ou mesmo como pessoa, portanto vou aproveitar para vos pôr a par de tudo.

Acho que não é novidade nenhuma que tenho andado bastante irregular e basicamente está relacionado com a escola. Durante estes últimos 3 anos (intensos) de secundário, consegui dentro dos possíveis manter alguma consistência e produzir conteúdos novos para vocês. Para mim, o 12º ano foi um ano bastante leve, relativamente aos anteriores, e senti que tinha muito mais tempo para mim e também para me focar nos meus objetivos, o que me levou a conseguir dar uns últimos ajustes na minha média. E penso que é isto, com a COVID as regras dos exames mudaram e só temos de realizar os exames que pretendemos usar como prova de ingresso, portanto vou voltar a repetir o exame de biologia e vou fazer também o exame de português. Por isso, para além das aulas online pelo meio, aproveitei o tempo de quarentena para me aplicar nestas duas disciplinas e dar o melhor de mim para conseguir o alcançar o meu objetivo final: ingressar na faculdade no curso que quero e gosto. Entretanto, na quarta-feira (dia 20) foi o meu primeiro dia de aulas. 2 meses mais tarde, voltei à escola e foi estranho, foi estranho voltar a uma rotina que já não é a mesma da anterior, mas que me faz sair de casa e viver no novo "normal". Tenho dois dias de aulas presenciais e, as restantes disciplinas continuam a ser acompanhadas de modo síncrono, e foi bastante relaxado, o ambiente estava bastante calmo e tentámos adaptar-nos a esta nova realidade da melhor forma possível. Acho que foi um regresso às aulas bem conseguido e senti-me segura em todos os momentos. Com isto, andei pelo calendário e percebi que tenho 6 semanas de aulas e daqui a nada estou quase nos exames, portanto não vos consigo prometer tanta regularidade como gostava, é provável que até Julho ande um pouco mais distante, mas espero muito que compreendam. 

Sem dúvida, que esta fase final do meu secundário está a ser bem diferente e bem longe de tudo aquilo que eu, e todos os outros estudantes, imaginavam. Não vamos ter o baile de finalistas, aquele lanchinho final de ano, aquela típica fotografia de turma para recordar o nosso último ano de escola. Deixa alguma pena, mas a verdade é que não foram apenas coisas más que aconteceram, para mim até trouxe algumas vantagens, não vou ter de fazer o exame de matemática e isso é um grande alívio para mim. Mas bem, isto tudo para vos explicar o motivo de toda esta minha ausência e de que, pelo menos, nos próximos tempos (infelizmente) será assim, também achei que seria giro partilhar um pouco da minha experiência com o regresso às aulas presenciais e como me senti. Espero que todo este post não se tenha tornado aborrecido para vocês, mas precisava mesmo de escrever isto e falar um pouco com vocês e não criar aquela ilusão de que vou voltar a estar muito presente, quando neste momento não está na minha lista de prioridades. 

Espero que esteja tudo bem convosco, e contem-me como está a ser a vossa experiência de regresso às aulas/trabalho (caso seja o vosso caso), como se estão a adaptar ao regime não presencial, entre muitas outras coisas. Sendo assim, vejo-vos num próximo post <3 

23
Ago19

4 coisas que aprendi em 4 anos de blog

Sofia

A minha história como blogger é bastante engraçada e, para quem for novo por estes lados, posso fazer-vos um pequeno resumo. Então, toda esta aventura começou quando eu tinha 12 anos e em Janeiro de 2014 decidi criar o meu primeiro blog sobre uma série que adorava, foi aí que reuni uma quantidade considerável de leitores que, ao longo do tempo, foram tendo alguma curiosidade sobre a pessoa que escrevia todas as novidades sobre o elenco. Foi daí que veio a ideia de criar este cantinho, um ano depois em Março de 2015, e até hoje foi uma das melhores coisas que alguma vez eu poderia ter feito. Entretanto apaguei o meu outro blog e estou a trabalhar apenas com este desde 2016, se não estou em erro. Como podem ver, a blogosfera acompanha-me desde muito cedo, eu cresci aqui, eu vi o meu blog a crescer à medida que eu também ia crescendo e isso é, sem dúvida, uma das coisas que mais gosto. Assim, como vocês podem ver pelo título, eu hoje decidi olhar para trás e pensar nas 4 maiores coisas que aprendi ao longo destes últimos anos e espero que de alguma forma isto possa também servir de inspiração para quem está a começar agora. Por isso, sem mais demoras, vamos lá começar :)

4 coisas que aprendi em 4 anos de blog (1).png

1- Escrever o que me vai na alma

Quando comecei este blog eu tinha dezenas e dezenas de ideias, estava a começar e escrevia sobre tudo e mais alguma coisa. No entanto, as ideias começaram a desaparecer e eu escrevia coisas que ainda hoje tenho vergonha quando vou ler, mas é também uma dupla sensação. Eu fico um pouco embaraçada quando leio certas coisas que escrevi e também sinto alguma nostalgia porque eu era praticamente uma criança e era perfeitamente normal não ter muito rigor. Mas bem, isto tudo para vos dizer que o mais importante é mesmo escrever o que nos vai na alma porque se isso nos deixa felizes é o que realmente importa. Eu durante imenso tempo estive perdida a nível de conteúdo e acabei por encontrar algo que gostava, a moda e beleza. Tento focar-me nestes 2 temas, mas também gosto de explorar outros assuntos e já falei convosco imensas vezes sobre séries, leituras, viagens e outros temas de lifestyle. Não sintam a necessidade de rotular o vosso conteúdo, escrevam sobre aquilo que gostam e têm a necessidade de falar.

 

2- Ser mais recetiva a outras opiniões

Quando eu criei o meu blog fui alvo de algumas críticas, na altura o meu público era, maioritariamente, proveniente do meu primeiro blog e isso gerou alguma confusão. Tudo isso contribuiu para que ao longo dos anos eu soubesse aceitar críticas, sejam elas construtivas ou de teor depreciativo. Esta foi uma das coisas que aprendi e que uso no meu dia-a-dia, a verdade é que durante toda a nossa vida vamos conhecendo pessoas com pontos de vista diferentes do nosso, mas é suposto ser assim, só temos de ouvir e aceitar isso. Eu não vou mentir, sempre adorei expressar o meu ponto de vista e ainda hoje faço isso, no entanto, nunca tento impor a minha opinião e o blog contribuiu muito neste ponto. 

 

3- Tudo se consegue com muito esforço

Uma das coisas que mais me orgulho é, sem dúvida, este cantinho. É aqui que passo horas a escrever, editar e mesmo a trabalhar na imagem do blog e eu gosto disso, tenho imenso gosto em passar aqui um bom tempo a exercitar a minha criatividade. De certa forma, tornou-se um escape do meu dia-a-dia e eu sempre consegui conciliar isto com a minha vida pessoal, sobretudo com a escola. No verão costumo passar aqui grande parte do meu tempo a escrever para ter tudo pronto durante o ano letivo e não ter de me preocupar, isto deve-se ao facto de ser extremamente organizada e não conseguir deixar as coisas por fazer, portanto tenho de deixar conteúdo para vocês lerem enquanto que eu estou a estudar e assim não preciso de passar por aqui e consigo focar-me a 100% na escola. Sempre fiz isto e não me arrependo, dá-me imenso jeito e mostra-me que com esforço tudo se consegue. Mais uma vez, é uma lição que é transversal e se adequa também para o meu dia-a-dia, basta uma boa dose de esforço e muito amor e consigo alcançar aquilo que mais quero. É necessário também paciência, todo este esforço foi recompensado de alguma forma, seja com o carinho de todos os leitores ou mesmo com parcerias que fui fazendo. Por isso, em tudo o que fizerem tentem dar sempre o melhor de vocês, existem dias bons e maus, mas o que realmente importa é manterem-se fiéis a vocês mesmos e quando derem conta conseguiram concluir o vosso grande objetivo e vão olhar para trás com imensa gratidão.

 

4- O verdadeiro significado de: Everyone you meet is fighthing a battle you know nothing about.

Desde sempre que tive a capacidade de me colocar no lugar do outro e tratar as pessoas da mesma forma que eu gostaria de ser tratada, nunca gostei de julgar as pessoas porque a verdade é só uma, nós nunca sabemos o que essa pessoa está a passar. E eu tentei sempre aplicar esta filosofia aqui no blog e ao longo destes 4 anos passaram por aqui bastantes pessoas e algumas delas tornaram-se amigas da vida real e ainda tenho a sorte de manter a amizade. Penso que isto é uma das lições mais bonitas que podemos retirar do que quer que seja e é verdadeiramente para a vida mas, infelizmente, não é assim que a nossa sociedade funciona. Cada vez mais julgámos os outros, seja pelo que for e vocês não têm noção da quantidade de vezes em que ouço pessoas que conheço a julgarem as pessoas pelas suas escolhas, porque x quer y curso e está em ciências ou porque x tem y notas e está no curso errado. Eu acho isto tão fraco e só demonstra o quão pobres as pessoas podem ser de espírito, por isso...acho que todos nós devíamos tentar investir em colocar mais amor no mundo, tentar julgar menos e ser mais. É literalmente isto, julgar menos e ser mais. 

 

Confesso que quando comecei a escrever este post estava ainda de pé atrás e sem saber sobre o que queria escrever ao certo, bem...acho que deu para perceber que acabei por me inspirar e escrever (talvez) demasiado. Sinceramente, foi bastante bom fazer esta reflexão e tenho a certeza de que daqui a uns 4 anos, provavelmente, também vou olhar para determinadas coisas com um certo sentimento de vergonha e achar que podia ter feito outras coisas de forma diferente mas é assim mesmo, não é verdade? Estamos constantemente a aprender e ainda bem que assim o é. Espero que vocês tenham gostado deste post e aproveito para desafiar as bloggers desse lado a fazerem a mesma coisa, a refletirem sobre as coisas que aprenderam nestes anos. Vou dar uma pequena ajuda...desafio a CatarinaJust an ordinary girl e a Sofia. O desafio está, obviamente, aberto a toda a gente, por isso estejam à vontade :)

23
Mar19

4 anos

Sofia

É com tanto amor e carinho que escrevo este pequeno texto, hoje este cantinho faz 4 anos e eu não podia estar mais feliz com todo o meu percurso nesta plataforma. Ando por estes lados desde dos meus 12 anos e agora estou que estou a caminhar para os 17 sinto alguma nostalgia daqueles momentos em que eu ainda não percebia nada do assunto, mas deixava-me feliz poder escrever para vocês e receber o vosso feedback. 4 anos passaram e eu continuo a ter a mesma sensação, dá-me imenso gosto sentar-me na secretária e dedicar o meu tempo a escrever e a trabalhar para aqui.

Há uns dias atrás, decidi rever algumas publicações mais antigas e confesso que é um misto de emoções, sinto-me bastante envergonhada ao ler certas coisas e ao mesmo tempo acho adorável porque eu estava mesmo no pico da pré-adolescência e achava que a minha vida dava uma série.

Ao longo destes 4 anos tive a oportunidade de conhecer pessoas incríveis, também recebi vários conselhos de pessoas com mais experiência que foram, sem dúvida, fundamentais para o crescimento do blog e, finalmente, também contei com o apoio de muitos de vocês que estão desse lado e sempre transmitiram bastante carinho através de comentários ou até com o simples facto de perderem um bocadinho do vosso tempo a ler o que escrevo. Recebi também algumas críticas de carácter mais depreciativo, no entanto, isso fez-me crescer sobretudo a nível pessoal, na medida em que me fez ser uma pessoa muito mais recetiva à opinião dos outros. 

Por fim, quero apenas agradecer-vos imenso por estarem sempre desse lado (ora lá vamos nós à parte clichê, não é verdade?) e espero continuar a contar com a vossa companhia.

 

Um beijinho enorme <3

 

ill you be my.png

03
Set18

BTS| Dicas para gerir o blog durante as aulas

Sofia

Uma das coisas mais difíceis em ter um blog é, sem dúvida, ter tempo para o gerir. No ano letivo que passou, para mim, foi esse um dos meus grandes obstáculos e durante imenso tempo deixei o blog parado porque, de facto, não tinha tempo para tal. Com base naquilo que me aconteceu, tentei pensar em formas de corrigir isso e reuni algumas dicas que vou tentar seguir este ano e podem ser úteis a outras bloggers.

 

1.PNG

 

1- Tenta programar os posts nas férias

Eu sei, parece um bocado impossível fazer posts para todo o ano letivo, mas podemos contornar esta situação. O que recomendo é reunirem ideias suficientes para o primeiro período, aproveitem algum tempo das férias para programar os posts e o vosso blog terá conteúdo, pelo menos, até dezembro. Depois nas férias de Natal (eu sei que passam rápido, mas é um esforço que compensa) fazem novamente isto e assim sucessivamente. 

 

2- Cria um horário para o blog

Não és nenhuma máquina e não precisas de publicar posts todos os dias, portanto, se te for mais útil, cria uma espécie de horário para o blog. Por exemplo, 2 posts por semana e, para adiantar algum trabalho, podes seguir a dica anterior e começas a fazer isso durante estas férias.

 

3- Encaixa o blog na tua rotina

Esta dica, penso que se aplica mais a bloggers que ainda estejam a frequentar o ensino básico, mas se tiverem um bom horário ou bastante disponibilidade não deixa de ser uma boa ideia. Bem, durante o ensino básico, temos muito mais tempo para dedicar aqui ao blog, no entanto, os trabalhos de casa não podem ser deixados de lado, por isso, quando terminarem todas as vossas tarefas venham ao blog um bocadinho e façam 1 post por semana, já é o suficiente. 

 

E pronto, são estas as minhas dicas, penso que são as essenciais. Relembro que a escola continua a ser o maior objetivo de todos, portanto dediquem-se a 100% ao vosso trabalho escolar. Se quiserem contornar a situação e não sentir aquele "peso" na consciência, sigam estas dicas e aproveitem as férias para se dedicarem mais ao vosso cantinho. 

Espero que tenham gostado deste post e se, eventualmente, alguém tiver mais alguma dica, partilhem nos comentários :)

11
Mai16

De volta + mudanças

Sofia

Olá! Já não vinha cá há algum tempo por duas razões,uma delas é a escola, os testes recomeçaram e apesar desta vez não ser 6 numa semana (ainda bem!!) estou a tentar subir algumas notas,outra das razões foi o aspeto do blog,ultimamente tenho andado a diversificar e a explorar os meus gostos e decidi que estava na altura de atualizar o cabeçalho de acordo com isso.

Esta minha mudança,bem tem muito a haver com música e de certa forma com a minha maneira de ser. Sendo assim,neste novo cabeçalho,temos uma parte totalmente dedicada a albúns de música entre eles X do Ed Sheeran e 2 albúns da minha banda favorita os Simple Plan,eu adoro-os,neste cabeçalho há 3 referências a eles,2 são com as imagens do meus albúns favoritos da banda e o "logo" da banda.

De resto,temos uma imagem do videoclip da Airplanes,uma foto ligada à moda,entre outras imagens...

Espero que tenham gostado :))

 

25
Ago15

Experiências como Blogger

Sofia

Todas nós,como blogger,já passamos por experiências diferentes,hoje vou contar-vos os meus primeiros dias como blogger e como me sinto como tal.

Além,de Violetta eu tive outra inspiração para criar o meu primeiro blog,a minha irmã,antes de mim,ela tinha tido um blog,mas depois quis apága-lo,eu não quis e queria ficar com o blog dela,mas ela disse-me que se eu queria um que o criasse,eu tive a pensar num tema,ao início eu queria um sobre mim,mas achei que não tinha maturidade suficiente,para ter um blog para adolescentes,então Violetta entrou aí,lembrei-me que esse seria o tema ideal para criar um blog,contei á minha irmã a minha ideia,mas ela achou que não iria ter leitores,mesmo assim,levei a ideia para a frente,e no dia 15 de janeiro,ás 23h02 minutos,lá estava eu a fazer o meu 1º post,nesse mesmo dia fiz para aí uns 10 depois do 1º,era uma coisa nova para mim!

Ao primeiro,não tinha nem sequer 1 comentário,e isto prolongou-se durante mais ou menos 1 mês,isso deixava-me um pouco triste,por momentos pensei que a minha irmã tinha razão,que se calhar não era um bom tema,até que uma rapariga chamada Sara começou a comentar o blog,o meu 1º comentário,eu irradiava alegria,quase que sufoquei a minha irmã com abraços,começei aos saltos e a dizer "O meu primeiro comentário!!!",aí percebi que não estava perdida,depois a Joana começou a comentar,criou-se outros blogs (Violetta Disney,Martinastoessel-violetta) e no mês de junho o meu blog alcançou os 500 comentários,só passado meio ano,é que cheguei aos 500,e foi quando o blog começou a crescer,leitoras de todo o país e aí começou a haver muitos mais blogs,e hoje já perdi a conta dos blogs que existem de Violetta,dantes eram só 3 e agora são dezenas deles!

Depois senti a necessidade de criar este,queria conhecer-vos melhor e que vocês conhecessem-me melhor,Violetta não está muito longe de acabar,e eu queria continuar como blogger e achei que se fosse um blog para adolescentes seria o idela,e chegou o dia em que eu criei este blog,no 1º dia,também foi logo para aí uns 10 posts (sempre a mesma,o que fazer?!) embora no ano letivo tenha estado um pouco mais ausente neste blog,eu adoro postar aqui,neste blog faço o meu mundo,aliás,conto como é o meu mundo!

 

 

Como blogger,nem sempre tudo é fácil,isto é como na vida,há momentos maus e bons e nós temos de aceitá-los por muito mais que nos custem,sou blogger há quase 2 anos (em janeiro,faz 2) e já passei por muito,críticas...mas isso é algo que devemos aceitar,porque aprendemos com os nossos erros e eu durante este caminho fui aprendendo com as coisas que errei!

 

Para bloggers,que começaram há pouco tempo,a única coisa que vos tenho a dizer é que tenham calma,os comentários e visitas não aparecem de um dia para o outro,(sabem aquele problema que houve há umas semanas no Canto da Violetta? Basicamente foi por causa disso,do meu blog já ter imensos comentários e outros não,e que eu rebaixava as outras bloggers),quando eu comecei também passei por o mesmo,como já contei,eu só tive o meu 1º comentário quando o meu blog já tinha quase 2 meses,hoje os novos blogs recebem imensos comentários passado para aí 1 semana,isso é tudo normal,quando um blog começa demora o seu tempo,por isso quem começou com um blog há relativamente pouco tempo e fica triste por não terem comentários ou visitas,não fiquem,claro que doi,mas isso é normal,com o tempo vocês chegam lá,e vocês agora até têm muita sorte,há imensos blogs,que vos podem divulgar...há 1 ano atrás,divulgações não havia (eu ainda cheguei a ir ao blogspot,fazia um comentário ou outro,mas ninguém me respondia!).

Por isso,desejo-vos a maior sorte do mundo,e lembrem-se que vocês são capazes!

 

 

Para as leitoras,sem vocês sem dúvida que isto não era possível,eu considero-vos como minhas amigas,porque vocês estão sempre aqui,nos momentos bons e maus,já passamos muitos momentos juntas,percorremos um caminho juntas e espero que continuemos juntas,adoro-vos,não há melhores leitoras no mundo como vocês, apesar de não nos conhecermos pessoalmente,já conheço um pouco da vossa personalidade,cada uma de vocês tem um lugar especial no meu coração,podem até pensar,que este texto é só para ficar bonito,mas não é,isto é dito com o meu coração,que irá guardar-vos sempre,nunca vos irei esquecer,obrigada por tudo,todos os momentos,sejam os maus ou os bons,em todos eles vocês estiveram aqui!

ADORO-VOS MUITO 

Para vocês:

 

Espero que tenham gostado!

 

PESQUISAR

A BLOGGER

SEND ME SOME LOVE

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

// AESTHETIC //

ARQUIVO

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D